domingo, 25 de janeiro de 2015

Corrida do Fim da Europa 2015

Aguentei mais uma
Com o Tiago, Carlex e Tigre, minutos antes da partida


Mais uma vez. não podia deixar de estar presente na Corrida do Fim da Europa. Uma Prova imperdível, quer quando as condições climatéricas não ajudam (porque lhe intensificam a mística) quer quando o ar está calmo e o céu límpido (porque lhe desvendam os cenários do "Eden Terrestre" a cujos encantos o grande Byron se rendeu e não se cansou de pintar).
Quase 3000 inscritos correram 17 Km subindo a serra, percorrendo a sua "crista" e descendo até já não terem mais terra para pisar, no Cabo da Roca. 
Nas edições anteriores, já tive oportunidade de me referir a esta Prova, com um carinho muito especial e fico imensamente feliz quando vejo a edilidade sintrense a tomar nota do seu imenso potencial turístico-desportivo. E deixo também uma nota de desagrado pelo facto de, em 2012, o então Presidente Fernando Seara, ter achado  que um evento que se realizava há mais de 20 anos (sendo que nos últimos, se apresentara ao mais alto nível), que não faria qualquer diferença que não se realizasse! Mas como a entidade organizadora é apenas uma parte da Corrida, a outra parte -os corredores- entenderam que também tinham uma palavra a dizer e, num acto de auto-gestão, mobilizaram-se e fizeram-na. Não "contou para o totobola" mas serviu para demonstrar alguma coisa.
2015 - 25ª Edição.No meu ponto de vista, a Prova esteve irrepreensível e, por isso, felicito, com a devida vénia, toda a Organização e o grande número de voluntários envolvido. E diga-se que, é uma Prova com uma logística muito complicada, em que é fácil falhar alguma coisa, o que não foi o caso.Houve grande competência. Tudo esteve perfeito. Parabéns. 

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

O primeiro do ano

Cá está um “selfie” marado,
Próprio de quem não se ajeita,
Pois tinha de ter rodado
Mais 30º p’rà direita.

E as “My leggs”, mostruário
De tanta perna bonita
Têm como adversário
Este pèzinho catita.

Na tarde de ontem, 4 de Janeiro, resolvi aproveitar os raios de sol para ir fazer o meu primeiro treino do ano. Devagarinho, lá fui eu, por caminhos velhos até à Praia da Samarra. E é sempre com um enorme prazer que, mesmo  em solitário,  contemplo o pôr-do-sol  naquele local. Depois de uma pausa, o regresso. Do lado oposto, a  Lua erguia-se e chego a casa, uma hora e meia depois, já noite cerrada. Soube bem.



quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Balanço de 2014

A Família ACB, que represento, com orgulho, apesar de ser modesto o meu contributo.
Concluído 2014, fui ao caderninho  para fazer um balanço e partilhá-lo convosco que, muito naturalmente, se estarão borrifando para o facto de eu ter feito mais ou menos quilómetros, mais ou menos provas  que em 2013. Mas,  como o faço mais para consumo próprio do que pelo interesse que esta “estatística” vos desperta, aqui vai:
        
      Janeiro-      Grande Prémio Fim da Europa -17Km                          -1,31,48:
Fevereiro - Maratona de Sevilha -42 Km                                         -3,41,40;
Março -      20 Km de Cascais (que foram 21)                                 -1,42,04;
Março-        Meia Maratona de Lisboa (21 Km)                              -1,44,14:
Abril-          Corrida dos Sinos –Mafra (15Km)                               -1,13,10;
Maio-          Corrida do 1º de Maio (15Km)                                     -1,21,00;
Junho-         Meia Maratona na Areia (21Km)                                 -2,02,00;
Junho-         Corrida Santo António Lx (10Km)                                  -47,13;
Junho-         Eco Maratona-Lisboa (42Km)                                      -4,52,00;
Junho-         Corrida das Fogueiras-Peniche (15Km)                       -1,11,15;
Julho-          UMA –Melides Tróia (43Km)                                      -7,55,00;
Agosto-       UTNLO –Óbidos (50Km)                                             -8.04,30;
Setembro-   10Km de Tagarro (10Km)                                                -48,50;
Outubro-     Maratona de Lisboa (42Km)                                          -4,04,29;
Novembro-  Maratona do Porto (42Km)                                           -4,05,55;
Novembro-  Corrida do Cent.Aviação Militar  (10Km)                       -50,08;
Dezembro-   S.Silvestre de Lisboa (10Km)                                          -48,58;
Dezembro-   S.Silvestre dos Olivais (8,9Km)                                       -41,38;


Em resumo: 4 Maratonas (sendo uma de Trilho); 2 Ultras;2 Meias Maratonas (sendo uma na areia); 1 de 20Km que foram 21); 1 de 17Km; 3 de 15Km; 4 de 10Km; 1 de 8,9Km.  Tudo somado dá 434Km em 18 provas.
Saliento que fiz 2 estreias (Eco Maratona e Aviação Militar) mas faltei às Meias da Nazaré e dos Descobrimentos, que estavam programadas.

Mas fico contente pelo facto de não ter havido um mês sem que tenha feito, pelo menos, uma corridinha. E isso já foi muito bom. Vamos agora atacar 2015 na esperança de que não seja pior.

Feliz Ano Novo para quem vai acompanhando as minhas passadas.