terça-feira, 14 de setembro de 2010

Esta já está.

Foto de Susana Adelino

Isto de andar por aqui, “às escondidas”, a “espiar” o que se vai dizendo desta 34ª Edição da Meia Maratona de S. João das Lampas e não dizer nada, não me parece correcto, mas, com toda a franqueza, a disposição para a escrita tem andado muito em baixo, tanto mais que ando “atacadíssimo”, com o “dariz endupido” e com uma tossezita irritante, para não falar da pressão na cachimónia que não é nada estimulante. Acho eu que foi por ter andado à campeão, na noite de sexta para sábado, de manguinha curta, à friagem e à humidade, até às 3 e tal a colocar postes e esticar publicidade e, quando dei por isso, estava “apanhado”.

Quanto à prova, considero satisfatório o seu resultado, e este grau de satisfação cresce com os comentários que os participantes foram dizendo. Sabemos que não devemos deixar-nos levar pela “bebedeira” dos elogios, até porque muitos deles são feitos pela malta amiga que quer sempre ser simpática, mas muitos deles saíram de pessoas que nos visitaram este ano pela primeira vez. E foram muitos. Não negamos, porém, que tais palavras (de uns e de outros) são bastante estimulantes para darmos continuidade a esta prova.Bem hajam.

E vão 34 ! Curioso! Reparo que a minha idade, vai sendo contada por edições da MMSJL a que junto os tenros 21 anos que tinha na 1ª vez que me meti nisto.

As notas que mais gostaria de salientar (boas e más) nesta 34ª são as seguintes:

-curtíssimo tempo de preparação – a um mês de distância, apenas tinha a data e a homologação do regulamento (feito à pressa e mal)
-Incerteza no financiamento (o que levou à redução dos prémios monetários para os primeiros e ao combate ao desperdício, com os riscos que isso implica e que foram notados pelos últimos atletas);
-O crescimento registado no número de atletas à chegada (de 309 p/380 :mais de 20%)
-Bom trabalho na informatização das inscrições e na apresentação dos resultados;
-A colaboração da GNR,BT e Polícia Municipal, tem feito um bom trabalho no controlo do trânsito.
-A melancia no final (que não tem nada de original, mas que sabe sempre bem)

De resto, meus amigos, estaremos atentos às observações feitas, com espírito colaborante, para continuarmos a ir mais ao encontro daquilo que esperam de nós. Também sabemos que surgirá um ou outro atleta que fará comparações entre o incomparável e nunca conseguiremos satisfazer. Com muita pena, a esses, só podemos aconselhar outras opções.

Resta-nos agradecer a todos os que estiveram connosco (ou que gostariam de ter estado) e às entidades que tornaram possível o evento, mas sem esquecer nunca que os grandes protagonistas desta festa, foram os atletas. Nós apenas lhes mostrámos o caminho a percorrer na tarde de 11 de Setembro.

Muitas fotos da :ammamagazine; Susana Adelino ( e, se calhar, noutros locais) e
filmes em :TVPortugal e Saloia TV

Resultados em :
http://www.revistaatletismo.com/sj_lampas.htm
http://www.honoris.pt/lampas/inscricoes.html

13 comentários:

Jorge Branco disse...

Eu fui feliz em São João das Lampas como míni meio maratonista (!) e quero ser feliz para o ano na prova da “gente grande” (embora vá sofrer `”a brava”).
A melancia estava espectacular!
Esta é um daquelas provas em que nos sentimos tratados como amigos, em que nós sentimos acarinhados, em que nos sentimos em casa.
É uma prova de estrada com o espírito de amizade e fraternidade que se encontra nas pequenas provas de montanha.
Eu prefiro o calor humano de São João das Lampas a grandes provas comerciais ricas em meios logísticos.
Não condeno as segundas, todas elas têm o seu espaço, mas é em provas como São João das Lampas que sou verdadeiramente feliz.
Talvez este sentimento se deva ao facto de que quando comecei a correr todas as provas serem feitas assim: com carinho.
Obrigado a todos os que ajudara a montar a 34ª Meia Maratona de São João das Lampas.
Obrigado Fernando Andrade.

luis mota disse...

Olá Fernando!
Gostaria de te felicitar por mais uma organização da meia maratona de SJL.
Infelizmente não me foi possível estar presente na prova e no convívio com muitos Amigos da corrida.
Aproveito para enviar um abraço e felicitar os restantes elementos da organização e esperar que a mantenham durante muitos anos.
Saudações desportivas,
Luís mota

CVR disse...

Está previsto que na noite de hoje comecem a aparecer os primeiros Diplomas que a Organização oferece a todos os finalistas da Meia Maratona. Poderão ser vistos e copiados em www.fotodiplomas.ammamagazine.com

Vitor Veloso disse...

Olá Fernando,
Venho felicitar a si e todos que organizaram esta excelente prova que já vai na 34ª edição, só por isso e de louvar a vontade de permanecer a prova bem viva.
A minha segunda participação que foi “amor” a primeira vista, espero contabilizar mais participações.
Foi um excelente convívio, com um numero elevado de participantes.
Esteve tudo 5* muito bem organizado.
Conta comigo para a próxima edição.
Abraço
Vitor

joaquim adelino disse...

Não tive oportunidade de te dar os parabéns pessoalmente ainda no local, faço-o agora na hora de fazeres este pequeno balanço.
Não se pode dizer que a prova primou pela perfeição, mas teve tudo o que um atleta pretende e ambiciona encontrar numa prova destas dimensões e dificuldades. No rescaldo é justo salientar como prémio merecido para o teu trabalho o número de atletas que estiveram presentes, sem alaridos de maior e pouca divulgação da prova. São afinal estas características que fazem desta prova a sua excelência, pela fidelidade de muitos, pela regularidade organizativa sempre acima da média e também pela competência.
Um abraço amigo Fernando.

Anónimo disse...

Parabéns, mais uma vez esteve tudo impecável.
Na minha 4ª vez ainda consegui ser surpreendido pela positiva, com "os louros da Vitória", simples mas imaginativo e original, e pelo senhor que estava com o balde onde se colocava o chip após a prova que ia agradecendo por termos vindo, apenas 2 pormenores mas que fazem a diferença...também.
Da minha parte resta-me agradecer uma bela tarde (mais uma) vivida na região saloia.
Abraço.
Devoto peregrino (claro, do grupo da malta amiga).

José Xavier disse...

Caro Fernando;

Já tinha andado a ler os comentários à organização desta 1/2 maratona. Todos são únanimes em revelar a excelente prova e a sua orgância. Isto deve-se ao empenhamento de homens como o Fernando, que se priva de participar e dar aos outros companheiros essa possibilidade, isto é muito de enaltecer e estimular para que exemplos desta natureza aparecam.
São 34 as edicões, e desejo que sejam muitas mais, e que nós um dia possamos também participar.

Parabéns e agora há que restabelecer e arrancar para os novos desafios que estão já aí no calendário.

Um abraço amigo
dos Xavier's

André disse...

Caro Fernando
Gostei muito de correr os caminhos de S. João das "Rampas".
Felizmente que a lesão deste ano ficou debelada em tempo útil e não me voltou a impedir de experimentar a prova :)
Para o ano é a 35ª, um número bicudo, lá estarei para comemorá-la.
Mais uma vez, parabéns e obrigado pelo teu esforço e dedicação.
André Beja

Fernando Andrade. disse...

Caros amigos
Não sei como retribuir as palavras que aqui deixam e que eu partilho com a equipa que pôs de pé a prova. Eu fui apenas um elemento (o único que gosta de correr), mas que na hora H ficou rodeado de gente pronta a arregaçar as mangas e fazer o que tinha de ser feito em poucas horas.
Não sei sequer quantos foram, mas sei que os vários postos onde era preciso estar alguém, estavam preenchidos. Automaticamente.
Muitíssimo obrigado pela vossa participação e pelo estímulo que nos deram.
Grande abraço.
FA

Anónimo disse...

Caro Amigo Fernando,

Ainda aqui do Brasil, seguem os meus votos de parabéns por mais uma grande edição da Meia Maratona de São João das Lampas.

Mais palavras para quê? Uma prova que aumenta de um ano para o outro 20% de participantes, haverá(m) alguma(s) razão(ões), não acham?

Um Abraço e até à próxima!

Orlando Duarte

Fernando Andrade. disse...

Grande Orlando
Estejas onde estiveres nota-se a tua presença neste mundo da Corrida. Obrigadão pelas tuas palavras e, para o ano, quero-te cá.
Espero que estejas a gostar dessa viajem de sonho.
Grande abraço.

FA

Ricardo Hoffmann disse...

Caro F.A. parabenizo-o pelo feito! Organizar uma prova é duro, é difícil agradar a todos, e vejo e ouço que foi um sucesso a 34 edição. Digo-lhe que essa prova saltá-me aos olhos. Oxalá um dia não esteja no pelotão, homenageando você e sua equipe. Vida longa ao São João das Lampas!

Fernando Andrade. disse...

Olá Amigo Ricardo

Muito obrigado pela visita e pelas palavras que aqui deixou.Organizar uma prova não é nada do outro mundo, sobretudo tratando-se de uma prova para menos de 500 atletas. E depois, tudo se torna mais fácil quando à nossa volta temos um grupo que já está mecanizado nas funções a desempenhar.
De qualquer forma, amigo Ricardo, registo com agrado a sua simpatia e já sabe, se vier a Portugal, escolha Setembro, pois teria o maior prazer em tê-lo por cá.
Grande abraço.
FA