domingo, 1 de março de 2015

Titãs no Sicó

3 admiráveis amigos (dois titãs e um ajudante) Jorge Serrazina,Paulo Pires e Orlando Duarte

O serrote


Qual gente!? Eram titãs, lá no Sicó,
Naqueles belos montes de calcário,
Que apelaram às forças, sem ter dó
Naquele 111 imaginário.
Tantas horas seguidas sem "ó-ó",
Só  sendo semi-deus ou temerário
Que a Corrida assim, sem ironia,

Já é domínio da Mitologia.

2 comentários:

Jorge Branco disse...

Finalmente voltou a poesia! Que venha para ficar que a "malta" já quase morria de saudades!
Abraço MESTRE!

Filipe Torres disse...

Cruzei-me com eles em vários abastecimentos e reconheci-os logo, apesar de só os conhecer por fotografia. Tive vontade de lhes dar uma palavra de admiração. Fica para a próxima! :)