quarta-feira, 27 de julho de 2011

UMA - O "Mínimo" é...


Custa ouvir certas coisas. E não era nada comigo! Ora vejam:


A oferta de fotodiplomas aos participantes numa prova, é um mimo com que as organizações os presenteiam. Mas é coisa recente a que muitos dos que deram muito à modalidade não tiveram a possibilidade de usufruir. E teriam grandes testemunhos em imagens para nos mostrar!

No entanto, há que ter em conta que tal mimo, poderá não ser garantido pelas organizações, que vão tentando “cortar” no supérfluo, para poderem assegurar o essencial aos corredores que fazem as suas provas. Isto não significa menosprezo pelos atletas. Antes pelo contrário.

No ano passado, quem fez a UMA, teve um “prémio extra” que foi a disponibilização on line dos fotodiplomas de participação. Foi a única vez em que isso aconteceu. Este ano, por razões que não apurei – nem tinha que o fazer - não houve fotodiplomas!

Então não é que houve logo quem aparecesse - a dizer que,” para quem paga uma inscrição de 20€ e anda a fazer a promoção das praias de Grândola, oferecer um fotodiploma era o “mínimo” que a organização podia fazer pelos atletas!”.

Não comento, mas indigno-me.

6 comentários:

António Almeida disse...

Andrade
apenas uma pequena correcção, nos 2anos anteriores foram oferecidos fotodiplomas aos atletas (que tenho na parede na sala).
De qualquer modo verdade é que este ano não foi anunciado que os participantes teriam fotodiplomas uma vez que não fazaim parte dos brindes a oferecer aos participantes.
Na minha opinião penso que foi uma pena logo num ano histórico, foi uma opção como a organização reconhece lá no blog da UMA, na minha opinião uma má opção mas claro isto é a minha opinião que para o efeito nada conta.
Abraço.

JoaoLima disse...

singlNão nos podemos alhear do momento que vivemos e do bem que temos com tantas e tão boas organizações, a maior parte à custa de grandes sacrifícios pessoais.
Todos temos que perservar este bem, e os avisos aí estão com algumas quantas provas já canceladas.
Nunca estive do lado de dentro duma organização mas imagino as dificuldades por que se passa, e é por isso que eu também me indigno ao ler alguns comentários, como aquele que referiste, e como, por exemplo, um no ano passado na Meia das Lampas.
Falar é fácil, fazer... é que é mais difícil, e só ao alcance de quem está na disposição de partilhar, seja o seu trabalho ou tempo.
Se todos queremos o mesmo, só unidos o conseguiremos.

Um abraço

JoaoLima disse...

Desculpem a gralha no início do comentário (singl), mas escrevi aí a verificação de palavras, pois não reparei onde estava o cursor...

Fernando Andrade. disse...

Tens razão, António. Há dois anos também houve essa agradável surpresa. Portanto, aconteceu duas vezes.
Também gostava que tivesse havido fotodiploma este ano, mas a Organização entendeu de outra forma e não será por isso que deixará de ser merecedora do maior respeito, pois cuidou de tudo o resto com grande saber.
O que indigna é a forma pouco educada com que alguns aparecem a fazer a crítica, empolando um pormenor e silenciando tudo o que de belo se retira deste Melides - Tróia.

Grande Abraço

Jorge Branco disse...

Venho do tempo em que não havia foto diplomas nem nada!
Aceito de bom agrado todos os ”mimos” que possa receber numa prova mas também não tenho problemas em as fazer sem esses “mimos”.
Quando alinho numa prova é sempre por algum prazer / desafio pessoal tudo o resto é secundário.
Mas não há duvida quem consegue fazer a UMA bem que merecia um foto diploma pois é uma prova muito especial.

José Xavier disse...

Olá Fernando;

Estas coisas mínimas no fundo são um estímulo que as organizações podem proporcionar aos participantes. E afinal hoje em dia não custa tanto!!

Isto fêz-me lembrar à poucas semanas, em que o prémio da corrida aos 3 primeiros de cada escalão, era uma caixa cheia de legumes ( coves-flor; pimentos; alho-porro, etc!!) e todos que receberam estavam radiantes. Os outros tiveram acesso a uns saquinhos de rabanetes....Foi só coisas saudáveis.

Este ano não estarei em Óbidos, regresso no dia 12 à Holanda. Esta semana já comecei a preparar a minha 2a Maratona, dia 17 de outubro em Amsterdam.

Um abraço amigo dos
Xavier's