domingo, 22 de setembro de 2013

Última Hora


Oh jovens do meu País,
Vós que gostais de correr e tendes estado arredados das corridas com mais de 10 KM (!)
Rejubilai,  que vos trago a boa nova : “Acaba de ser aprovado em Assembleia Geral da FPA, o novo Regulamento Geral das Competições que vos permite correr distâncias até à Meia Maratona”!
Aos Organizadores de Provas, não vos esqueceis desta nova realidade e incluí nos vossos regulamentos, o Escalão de JUNIORES.

Foram anos e anos “ a bater na tecla”. Finalmente.

13 comentários:

JoaoLima disse...

Das duas uma: Ou hoje é o primeiro de Abril... ou é uma notícia FANTÁSTICA!!!!

Finalmente! Viva!

Fernando Andrade. disse...

É verdade sim, João.
Põe-se assim um ponto final numa interdição tonta, que levou o nosso atletismo jovem, às ruas da amargura.

Nuno Sentieiro Marques disse...

Bela nova :-)

Luis Parro disse...

Quebrada a barreira venham os Atletas, já tenho dois para a 1/2"!!!

MARATONISTA disse...

peço desculpa pela minha ignorância mas não consigo perceber a euforia por esta alteração. Era a limitação da participação dos juniores em provas de distancia superior a 10km que estava a prejudicar a evolução do atletismo português?

Fernando Andrade. disse...

Caro Maratonista e amigo José Sousa, bem sei que não é assunto consensual. Pode até tratar-se apenas de uma coincidência no tempo, mas estes 15 anos de proibição, são também os 15 anos em que o atletismo jovem "foi mais abaixo" e, em termos de corrida de rua, o pelotão não rejuvenesceu. Pode a causa ser outra, mas estas limitações não conseguiram demonstrar que se estava no caminho certo no encontro de novos valores. Proibir a participação nas grandes festas que representam os provas de 15 km, ou Meia Maratona só convidava os jovens a abandonar a modalidade ou a cingir-se à monotonia das provas de pista. Como disse, pode não ser esta a razão, mas não custa tentar.

joaquim adelino disse...

Nem sempre as boas notícias são do agrado de toda a gente, ou porque são ignorantes (como se confessa) e eu não acredito, ou então existe gente que gostava que as coisas não andassem no tempo, ou por outra, andassem só para os outros e deixem-me ficar como estou. Pobre mentalidades que vivem tão sozinhas!

José Sousa disse...

Finalmente acordaram de um pesadelo de mau gosto. Espero que se mantenham acordados por muitos e bons anos

MARATONISTA disse...

Caro Fernando Andrade, com tantas variáveis comprovadamente influenciadoras, entre elas o excesso de provas, atribuir culpa pelo estado do atletismo jovem à proibição de os juniores participarem em provas de distancia superior a 10km é no mínimo falta de honestidade intelectual.Em quantas provas é que os juniores não podem participar? A "monotonia" da pista, caro Fernando, é determinante para a evolução dos nossos jovens atletas, se antes de andarem a fazer voltas ao coreto (troféus das Câmaras Municipais, por exemplo)tivessem oportunidade de fazer mais provas de pista, a evolução seria seguramente muito superior.E não vou entrar pelas questões relacionadas com o desenvolvimento das capacidades físicas, porque mandar bitaites sem saber do que estão a falar é facil...

Fernando Andrade. disse...

Caro amigo José Sousa, peço-te muita desculpa, pois queria referir-me ao António Sousa, que, por não ter entendido o que eu disse e ainda me acusar de "desonestidade intelectual"
me acaba de empurrar para fora de uma discussão para a qual, apenas consigo dar uns fáceis bitaites em contraponto com uma sabedoria que não conseguiu dar resultados nos últimos 15 anos.

Mário Machado disse...

34 ANOS DEPOIS CONSEGUIU-SE...
Quando a REVISTA SPIRIDON surgiu em Portugal havia 3 pontos
chaves que lutávamos: As senhoras e os veteranos poderem correr qualquer distância competitiva e os jovens poderem oficialmente correr 21 km.
AGORA, SÓ AGORA, finalmente a A F.P.A. concordou com este último ponto.
Pois acaba de ser aprovado em Assembleia Geral da FPA, o novo Regulamento Geral das Competições que permite aos JUNIORES correr distâncias até à Meia Maratona!
Claro que há muito que os organizadores de provas de estrada "estavam-se borrifando" para os senhores dirigentes da FPA e os jovens alinhavam domingo após domingo em provas longas... Mas pronto PERDERAM-SE 30 ANOS (aqui está uma das razões para não aparecerem corredores ao nível dos anos 70...80...).
O que é de lamentar é que cientificamente (procurem os estudos do fisiologista alemão Dr. Ernst van Aaken) há 30 anos que estava provado que o verdadeiro correr dor de fundo é um jovem de 12 anos face ao seu grande volume cardiopulmonar face ao seu fraco peso corporal.
Perderam-se 30 anos devido à ignorância de alguns dirigentes da F.P.A....
Mário Machado

Jorge Branco disse...

FINALMENTE!
(E não vale a pena dizer mais nada pois o Professor Mário Machado, (com o seu imenso saber) já disse tudo!

Miguel Pinho disse...

Que venha lá essa juventude toda. Também tem direito a gozar e fazer prova do que já muito se sabia. Já começo a sentir pódios a fugir de alguns repetentes. Venha sangue novo e quem fica só tem de trabalhar. O sol é para todos.