domingo, 20 de novembro de 2016

VIII Treino Nocturno de S. João das Lampas


O todo...

...E as partes (I)

(II)

(III)

(IV)

Com o grande Hélio Samuel (que ofereceu esta super-bolacha para ser leiloada)
E que foi "arrematada" pelos Salamandrecos, aqui representados pelo seu presidente, António Pedro.

“… E quando virem que os vossos companheiros vão depressa de mais, abrandem e esperem pelos de trás!” 
Quem é que se iria lembrar de dar um conselho tão óbvio como este ?
Enfim, as Lampas têm destas coisas. Mas sem saber como, têm o "condão" de ter muita gente amiga (mais de 100) no seu seio sempre que se lança para o ar um evento de Corrida, quer seja competitivo, quer seja de pura recreação e convívio.
A cada um dos que já se pronunciaram sobre a experiência que viveram no passado dia 18, quer pessoalmente, quer na forma de comentário escrito, quero agradecer a vossa simpatia na apreciação que fizeram.
Queremos agradecer também àqueles (as) que, mesmo sem poder correr, estiveram connosco, enriquecendo o evento com a sua presença.
Vão também os nossos agradecimentos muito especiais para :
- A Sociedade Recreativa, Desportiva e Familiar de S. João das Lampas, por estar sempre pronta e de braços abertos para acolher as nossas iniciativas;
-Ao Orlando e Leonor Duarte, por terem tido, mais uma vez, um papel importantíssimo na excelente foto-reportagem com que se mostra e perpetua esta iniciativa;
-Às nossas amigas, Cristina Ferreira, Ana Maria Grácio, Maria José Duarte, Ana Leitão e Arminda Soares que, informadas praticamente, em cima da hora, estiveram presentes para confeccionar uma sopinha que tantos elogios recebeu.
 - A todos os que colaboraram nas ofertas  solidárias a distribuir pelas famílias carenciadas da Freguesia de S. João das Lampas e Terrugem.

Caros amigos, o que fazemos são coisas simples e se apenas com a simplicidade (com o que ela tem de virtuoso e de descuido), conseguimos ter-vos do nosso lado, sentimo-nos uns felizardos e entusiasmados a repetir este tipo de experiências.

Muito obrigado a todos.

Sem comentários: