A minha Lista de blogues

terça-feira, 23 de junho de 2020

A Fantástica ÚNICA



Prontos
Aos 36. Olhem-me aquele mar !!!

Não foi uma prova qualquer. Esta foi ÚNICA

O Estado de Emergência em consequência da pandemia, reteve-me em casa, por completo. As saídas à rua, eram apenas para tratar da horta do quintal que, há anos, se tinha transformado em matagal. Corri apenas duas ou três vezes, quando tudo estava deserto  e, mesmo com o desconfinamento, não me sentia atraído pela Corrida.
Num dos últimos fins de tarde do mês de Maio recebo a chamada de um amigo: “- Fernando, como sabe, este ano, as maratonas não vão realizar-se, pelo que pensei em organizar a ÚNICA Maratona de 2020, no dia 20 de Junho, convidando apenas 20 amigos que é o máxima permitido por lei para ajuntamentos. Tudo dentro das regras. O percurso foi o que utilizámos na Maratona dos 100 amigos, em 2012, entre a Lagoa Azul e o Restelo.  Ainda tem 20 dias para treinar!”  Reacção óbvia: -Ehpah, mas eu tenho estado parado, como é que em 20 dias posso preparar-me para uma maratona ? “
Mas era uma Maratona, que é sempre aquela oportunidade que mexe com todo aquele que conhece as sensações dessa fascinante distância. Ficaria muito mal comigo se tivesse de dizer que não. Pedi-lhe 3 ou 4 dias para ver como é que reagiria a  treinos mais longos do que aquela meia hora que vinha fazendo uma ou duas vezes por semana.  Reagi  bem e confirmei a presença.
Chegado o dia 20, às 7 da manhã, compareceram 19 dos 20 convidados, a quem foi distribuída uma lindíssima t-shirt comemorativa, para usarmos durante o percurso e o chip para controlo electrónico da tempo.
Tudo a postos… Tiro da partida (tiro mesmo –pum!)  e pronto: eles aí vão: Quinta do Pisão, Pedra Amarela  (Ufa, que esta tinha de ser feita a andar, com excepção dos da frente, mais aventureiros e mais aptos). Começa, depois a descida para a Malveira da Serra e ganha-se algum ritmo, mas nada de entusiasmos.  Guincho, já com 13 km feitos. O vento ajudava qualquer coisa. Boca do Inferno. O calor já nos fazia escolher o lado da sombra.  Cascais.  Como é bom de ver, 19 corredores, para uma distância tão grande, obrigava a correr-se em solitário numa grande parte do trajecto, principalmente, quando faltava a confiança na preparação para nos pormos no ritmo de um colega para ter companhia. A partir de Cascais, altura em que passei pelo amigo António Coutinho fiz toda a prova sozinho, utilizando o paredão onde era possível e resistindo à tentação de ir ao banho num mar azulinho e calmíssimo, mas não à tentação de me pôr a passo.  Andava, corria, andava corria… e foi assim até aos 39Km,no Dafundo. A partir daí foi só andar até à meta e chegar em condições óptimas, tendo como queixas apenas um escaldão no pescoço e uma assadura nas virilhas. O relógio marcava 5 horas e 8 minutos de prova.
De salientar o apoio que sempre tivemos, quer fixo, nos abastecimentos e controlos de passagem, quer móvel, dando atenção a eventuais necessidades que tivéssemos.
Quanto à prova , sublinhe-se, foi um evento particular por convite, que consistiu num treino com a Organização de uma prova, que dispensava licenciamentos, pois não havia prémios, que dispensava policiamento, pois não implicava com o trânsito, que respeitou o ambiente, pois nada foi deitado para o chão, que respeitou as regras sanitárias definidas para os ajuntamentos.
No final, fiquei com a sensação de ter descoberto o “segredo” de como preparar uma maratona em 20 dias : “-Se não consegues correr, caminha. Desfruta da paisagem. Desfruta da distância. Sorve as sensações de completar a distância. Demores o tempo que demorares. Chega à meta com o sorriso de quem ganhou uma aposta que fez consigo mesmo”.
Quem sabe se o futuro das provas não passará por soluções deste tipo ?!
Por último, quero deixar um agradecimento muito especial ao amigo Luís Sousa por me ter proporcionado esta experiência ÚNICA e as merecidas felicitações a todos os companheiros de jornada, que deram corpo a tão feliz iniciativa. Bem Hajam.

5 comentários:

Nuno Sentieiro Marques disse...

Fantástica ideia e seguramente uma maravilhosa aventura...parabéns a quem a teve e proporcionou e parabéns a todos os que a fizeram.
No que toca a Ti...Para alguém com a Tua experiência e Kms nas pernas...preparar uma maratona em 20 dias com o intuito de fazer sem parar os 42Kms e dentro de um tempo mínimo de corrida ... diria que seguramente que sim....  
Até diria mais...sem preparação nenhuma especifica se te pedirem para correr os 42Kms "amanhã"...Tu corres...não demoras 4Hrs...mas em 5 fazes...digo Eu (esta foram um pouco mais, mas o trajecto era "complicadote" ;-) )  
Forte abraço

Carlos Cardoso disse...

Em tempos difíceis é possível reinventarmos as corridas, arranjar objectivos e concretiza-los. Eis aqui a prova que é possível. Muitos parabéns por mais uma. Abraço

K disse...

Muito bom! Excelente iniciativa! Parabéns, Mestre Fernando Andrade!
Abraço
Paulo Sousa

JoaoLima disse...

Parabéns pela participação e aos organizadores pela ideia! Há que ser criativo e alimentar "o bicho :)
Grande abraço

Filipe Torres disse...

Excelente! Também eu ando muito entusiasmado com eventos deste tipo e à procura dessas sensações. Parabéns pela vossa iniciativa!