quarta-feira, 25 de novembro de 2009

6ª Maratona do Porto /35ª Meia M da Nazaré

ACB na Maratona do Porto

Na 35ª Meia da Nazaré


Quem me conhece sabe que eu me sinto bem é onde possa ouvir e falar (ou escrever) de Corrida. Este blogue tem esse princípio como razão principal da sua existência. No entanto, porque outro tipo de preocupações tem ocupado os meus dias, deixei passar duas grandes Provas sem fazer qualquer apontamento sobre elas:

A 6ª Maratona do Porto e a 35ª Meia Maratona da Nazaré.

Por razões diferentes, são das que maior significado têm para mim.

A Maratona do Porto, porque a acompanho desde a 1ª Edição e tenho sentido uma alegria imensa em constatar que o seu crescimento se alicerça em bases bastante sólidas e que fará dela a maior Maratona Portuguesa nos próximos dois anos, pois o seu percurso, numa paisagem espectacular com o Douro ora à esquerda ora à direita, como cenário de sonho e com uma Organização que tem vindo a dar provas de que sabe estar ao mais alto nível. Corri sem relógio (porque me esqueci) mas reparei que estando atento ao “relógio biológico” sem a pressão do “contador de minutos e segundos” me permitiu fazer uma corrida mais descontraída. Acabei por sentir a quebra na mesma (aos 33km), mas os 2 últimos quilómetros fi-los num ritmo bastante aceitável, tendo terminado abaixo das 3,29 o que não considero muito mau, mas o mais importante de tudo é que adorei participar nesta Maratona de que me honro ser totalista.

A Meia da Nazaré representa, para mim, uma visita ao “santuário” das Provas de Estrada. Muitas atingiram grande “pujança” mas hoje apenas existem na memória de quem as correu. Mas Nazaré mantém-se. Sem dar passos maiores do que a perna, sustentando-se no forte querer da sua gente e na fidelidade de muitas centenas de corredores que vêem esta Meia como eu vejo: lugar de visita anual obrigatória, num “ritual purificador”do entusiasmo pela Corrida. Uma Organização que mantém incutida nesta Prova uma aura que não se consegue bem explicar, mas que nos atrai, está de parabéns e merece o reconhecimento de todos os amantes da Corrida. A Prova que fiz (1,42 ou próximo disso) não é relevante. O que é relevante é que lá estive e retirei dela um enorme prazer, que me faz querer voltar.

Aproxima-se a Maratona de Lisboa (6 de Dezembro) e um Encontro Especial em Grândola (12 de Dezembro), de que falarei no meu próximo apontamento.

6 comentários:

luis mota disse...

Olá Fernando!

É sempre bom ler sobre estas duas belas provas.
Aproveito para te felicitar pelo bom resultado alcançado em ambas.
Agora segue-se a Maratona de Lisboa.
Resto de boa semana,
Luís mota

Fernando Andrade. disse...

Obrigado, Luis.
Estas já cá cantam. Venha Lisboa.
Abraço.
FA

MPaiva disse...

Fernando,

Já estava a achar estranha a falta de notícias neste espaço de visita regular. Espero que esta falta não se deva a nenhum problema.

Quanto às provas, especialmente a Maratona do Porto, que também corri, felicito-te pelo belo resultado e pela forma como a mesma foi encarada: na desportiva!

abraço
MPaiva

Fernando Andrade. disse...

Olá Miguel
Obrigado pela visita e pelo comentário. Esta ausência deveu-se unicamente a uma certa indisponibilidade para a escrita, nada mais e, depois, aceitei um outro desafio (de que falarei no próximo post) que me ocupou bastante tempo.
Quanto à Maratona do Porto, acho que fiz uma prova dentro do esperado. Fiquei contente por saber que a pequena indisposição que tiveste à chegada, rapidamente foi debelada e, de certeza, o "bichinho" começou a desafiar-te para outra.
Grande abraço.
FA

luciane disse...

Realmente muitas vezes os afazeres da vida, nos tomam muito tempo...mas...a gente sempre dá um jeitinho né...

Bom, o que eu tenho que te dizer é PARAbÈNS pelos excelentes resultados. Qto á Maratona de Lisboa.. é um sonho.. que algum dia, ei de realizar...como tantos outros...

abraços e ótimos treinos

tutta disse...

Duas belíssimas participações em provas Fernando.
Estás de parabéns amigo.
Abraço e desejo de continuação de bons treinos e provas.


tutta/ubiratã
www.correndocorridas.blogspot.com