quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Melíadas


O título é, talvez, descarado. Obviamente brincadeira. Mas a sua escolha pretende, ao mesmo tempo que fala de quem se "meteu" numa aventura em que se buscava "o incerto e incógnito perigo" que representava uma ultra-maratona ao longo de 43km de praia (em 2005 pensava-se que eram 45km), procura estabelecer um paralelo com algumas passagens da epopeia e levar os leitores a interessar-se por recordar a grandiosidade do "peito lusitano" que, há mais de 400 anos, nos foi genialmente narrada.
Nascidas, de forma avulsa, no forum do Mundo da Corrida (inicialmente no Atletas.net), as Melíadas foram surgindo de comentários que alimentavam o tópico que veio a revelar-se o mais participado do forum, ao longo de 4 anos. As reacções eram estimulantes e iam ditando a sequência.
Porém, nunca pensei que as estrofes pudessem vir a ser reunidas da forma que foram e, associadas a uma excelente selecção de fotos, vieram a constituir um conjunto que acabo por não saber se é um livro com fotografias ou se é um álbum com texto.
Serei suspeito para dizer que se tratou de uma boa simbiose. Já sei que haverá algumas estrofes mais conseguidas que outras, umas piadas que poderão não passar de graçolas de gosto duvidoso. Será o leitor que ajuizará de tudo isto. E eu cá estarei para ouvir as palmas ou os assobios. Eu e o Mundo da Corrida, que achou que era boa ideia fazer-se este trabalho.
No próximo dia 12 de Dezembro, no Auditório Municipal de Grândola, durante o IV Encontro do Mundo da Corrida, será feita a apresentação das "Melíadas" . O "Edil", que tão "massacrado" foi na "estória" cedeu-nos as instalações e apoiou esta publicação por entender que ela constitui um bom veículo de promoção da Ultra Maratona Atlântica (´tadinho do meu Raid!!!) e daquela extraordinária costa alentejana que vai de Melides a Tróia.
Àqueles que tiverem curiosidade de saber o que vem a ser "isto" ( agora é a abominável parte comercial ...) podem, por 17,00€ (ou 18,50€, se depois de 12 de Dezembro) comunicar o seu interesse neste verdadeiro "bestseller", que até é prefaciado pelo "Edil".
Fico, então, a contar convosco.

13 comentários:

Luis Parro disse...

Palavras para quê...é um artista Português!Reservo já o meu exemplar.
O livro do Ano 2009 "Meliadas"
Parabéns Amigo Fernando Andrade

Luis Parro

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Parabéns Fernando. Se há alguém que merece sair do vitual para o papel, é o Fernando Andrade. Uma prova mítica, bonita de se ver (já que de fazer não posso saber) e onde passei muitos bons momentos a fotografar os chegados e todo o ambiente envolvente, desejando ser um deles, ainda mal as Melíadas davam os primeiros passos, ou não passavam mesmo de um embrião.

Muitas Felicidades Fernando. Que o livro tenha o sucesso que desde já sei que é merecido.

Um grande beijinho
Ana Pereira

joaquim adelino disse...

Aquela extraordinária aventura merece ser contada e ficar na história. 2009 foi o Ano que eu a conheci e a realizei, foi também ali que vi, observei e acompanhei a garra e a força de vontade que este grande homem, grande alma de atleta e também grande amigo, possui quando se entrega a algo em que acredita.
Todos sabemos que ele não a procura, mas a recompensa acaba sempre por chegar e ela é merecidíssima não só por aquilo que tem feito ali nas areias da Costa Alentejana mas também pela postura atenta e cuidada como se posiciona nesta tão linda modalidade. Se tiver possibilidades irei a Grândola dar-te um abraço Fernando e o livro, tal como diz o Luís Parro, fica desde já encomendado.
Um abraço.

José Alberto disse...

Amigo Fernando,

Muitos parabéns por mais este sonho concretizado.

Também eu estou ansioso por ter esse livro nas mãos e conhecer mais a fundo estas aventuras.

Pelas "amostras" que tenho lido no blog e noutras notas avulsas, tenho a certeza que será uma excelente leitura.

Grande abraço

José Alberto

António Almeida disse...

Olá Fernando
parabéns pelas "Melíadas" em livro, uma prova ímpar descrita de uma forma ímpar, parabéns mesmo.
Grande abraço.

Joaquim Margarido disse...

A tua enorme sensibilidade, aliada à verdadeira arte de compor em poesia a prosa de tanto suor, muitas lágrimas e até algum sangue, fazem destas Melíadas um caso único no manancial de publicações em Portugal. As mais sinceras felicitações ao autor e os votos de enorme sucesso para a distribuição do livro. Uma obra assim merece chegar longe. Muito longe!
Um grande e forte abraço.

JOAQUIM MARGARIDO

Zen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Zen disse...

Caro Fernando

Palavras para quê ( na verdade também ando desinspirado :)?!
Este livro significa, a meu ver,mais do que o fascínio por uma prova única ou prática desportiva, é um hino ao companheirismo "cantado" na sua forma mais terna, através da poesia!

Uma longa vida literária!

Parabéns.

Abraço

Fernando Andrade. disse...

Caro Amigo Luis
Muitíssimo obrigado pelas suas palavras : "Livro do Ano" só poderá estar ameaçado pelos 70 mil exemplarea de "Caim" do Saramago,ehehh.

Querida Amiga Ana
Agradeço muito as suas palavras sempre estimulantes e, se houver sucesso, como diz - e eu muito gostaria- também terá a sua quota parte de responsabilidade.


Amigo Adelino
finalmente rendido à atracção das areias de Melides (e logo para me "envergonhar" com uma prestação formidável), quero agradecer-te o simpático comentário. Conto contigo.


Amigo José Alberto
Obrigado por se ter deixado "envolver" pelas Melíadas e pelas palavras amigas que aqui deixou. Estou certo que um dia, ainda virá experimentar esta aventura.

Amigo António Almeida
Tal como o Adelino, também não resistiu aos encantos da Costa Alentejana. E quem já fez esta prova perceberá melhor a emoção que se procura transmitir nas palavras (sim, porque "palavras" é mais consigo). Obrigadão, António.

Amigo Margarido
Um comentário assim, vindo de quem vem, deixa-me, obviamente, todo "babado" e sem palavras. Muito obrigado, Amigão.Oxalá o teu vaticínio esteja certo.

Amigo Zen
"o fascínio pela Prova e um hino ao companheirismo"- palavras que reflectem bem o que senti durante o período da "saga" que o Zen iniciou e foi um dos principais "enzimas" para que ela durasse. Obrigado por tudo, Zen. Este trabalho tem muito de si.

A todos quero dar um grande abraço e agradecer o estímulo, que me faz encarar este desafio com algum optimismo. Assim chegue a "oferta" ao maior número possível de pessoas. A propósito -lá vou eu valer-me dos amigos(!) - não arranjam um cantinho nos vossos blogues para pôr o selo das Melíadas? (A "comissão" é negociável,ehehe)
Mais uma vez, obrigado a todos.
FA

Zen disse...

Já está!

Sucesso!

Abraço.

Anónimo disse...

olá Fernando,
com algum atraso seguem os parabéns pelo livro, mas sobretudo, pelo caminho e pelas caminhadas. É que os livros dão-nos sempre mais por tudo o que os autores palmilharam até as páginas serem dadas ao mundo. OBRIGADO pela persistência. E não se arranja o lançamento para a parte da tarde? ;) Dava-me um jeitão ... :)
Forte abraço e boa maratona amanhã!
AB - Tartaruga

JH disse...

Fernando,

Tenho andado desleixado ao nao comentar o livro. Já sabes que te desejo o maior sucesso e que se vendam muitos. Vou reservar o meu exemplar para que depois o assines com dedicatória. De alguma forma sinto-me parte do livro já que contigo partilhei quase todas as ediçoes
Abraço
Joao

Fernando Andrade. disse...

Obrigado,Zen.
É uma honra figurar nos Trilhos Míticos, para além da excelente divulgação que isso proporciona.

Caro Bento
Muitíssimo obrigado pelas palavras proferidas e também muitíssimo obrigado pelo incentivo no último Km da "terrível" subida final da Maratona de ontem.

Caro João
Não considero "desleixo" o facto de não teres comentado o livro. Foste das primeiras pessoas a quem revelei o "segredo" e já sabia a tua opinião. Afinal, tu és parte daquilo que por lá se conta, dando-lhe conteúdo.

A todos agradeço e deixo um grande abraço.

FA