segunda-feira, 7 de novembro de 2011

8ª Maratona do Porto

À medida que vou passando pelos anos, a minha memória vai deixando de ser o que era, mas há coisas que me lembro bem.


Há uma dúzia de anos atrás, já a Maratona de Lisboa ia na sua 10ª Edição, o número de atletas que se atreviam a apostar na distância, não passava de escassas centenas e, muitos deles, vinham do estrangeiro. Fosse por medo, fosse por qualquer outra razão, poucos tinham vontade de experimentar a distância dos 42,195Km, pelo que os números, edição após edição, pouco se alteraram, apesar de se saber que aqui ao lado, na vizinha Espanha (para não ir mais longe) era fácil juntar uns milhares de corredores numa maratona.

Era preciso fazer alguma coisa para que, também nos corredores portugueses, se desmistificasse a distância e proporcionar-lhes, não apenas o prazer da Corrida, mas também uma nova componente . A da Emoção.

Em 2004, na cidade do Porto, houve quem tivesse acreditado que era possível alterar a situação e lançou a 1ª Maratona da Invicta. Foram poucos os participantes e muitas as condições postas à sua disposição. Falava-se até, com algum desdém dessa desproporção (lembram-se do “hospital de campanha” a que foram comparadas as tendas de massagem e de assistência aos atletas que chegavam em dificuldade? E lembram-se de dizerem que a Organização estava a pôr-se em bicos de pé quando disse que a Maratona do Porto era uma das melhores do mundo? ).

Pois bem, a fraca adesão inicial era pouco estimulante, mas a grande prova estava lá: Bom percurso, cenário bonito, boa organização.

Tudo o resto seria uma questão de tempo e não viria a ser preciso esperar muito.

À 7ª edição desfizeram-se as dúvidas de que foi a mais participada das maratonas realizadas em solo nacional, conseguindo na 8ª crescer 50% face ao ano anterior, com 1545 atletas na meta.

A cidade do Porto, para além do espantoso número de atletas que soube atrair a si, “outra mudança fez de mor espanto” que foi criar uma “fábrica” de maratonistas : os Porto Runners que concluíram, ontem, a Prova com mais de cem corredores! Notável.

A RunPorto, que desde a 1ª hora assumiu as rédeas desta Maratona, está de Parabéns pelo excelente trabalho realizado ao longo destes anos que culminou com o estrondoso êxito de uma 8ª Edição que deixou maravilhados todos os que lá estiveram.

Aos pormenores e à minha prestação, irei referir-me num próximo texto. Mas corri a Prova em 3,33,07, um tempo que me deixa satisfeito.

10 comentários:

JoaoLima disse...

Muitos parabéns amigo Fernando. Grande tempo!

José Xavier disse...

Olá Fernando;

Parabéns pela prova.
Execelentes observações e de apreço ao trabalho feito pelos organizadores da maratona do Porto.

Quem trabalha merece esse tipo de incentivos por serem "teimosos" e verem o trabalho compensado dessa forma.

Um abração
dos Xavier's

MPaiva disse...

Fernando,

Parabéns pela boa prova realizada. Quanto ao resto, estou 100% de acordo!

abraço
MPaiva

Carlos Castro disse...

Antes de mais, parabéns, amigo Fernando; mais uma e com um bonito registo!
Quanto ao crescimento desta Maratona, não há dúvida que é motivo de orgulho para todos e que a tendência é saltar para números "nunca antes navegados" por estas bandas. É claro que a ajuda dos estrangeiros será fundamental (e este ano já lá estavam mais de 40%, segundo li), mas isso é positivo, servindo de mote aos cada vez mais portugueses. Estando "fora", não deixo de ter orgulho neste caso de sucesso.

horticasa disse...

Parabéns,
bj eugénia

Fernando Andrade. disse...

Muito obrigado pelas vossas simpáticas palavras, que são também muito estimulantes.
Abraço.
FA

CORREDOR DA TERCEIRA IDADE disse...

Achei interessante seu texto porque aqui em Salvador, Bahia, Brasil, ainda não temos uma maratona. Somente agora estão surgindo as primeiras manifestações no sentido de que seja realizada uma maratona em nossa cidade. É possível que já no próximo ano e, quem sabe, você poderá vir participar. Gostei de seu blog e me apressei em segui-lo. Você é um exemplo! Parabéns...

tutta disse...

3h33, tempo excelente Fernando.
Parabéns.

Abraço e tudo de bom.


tutta-BALEIAS/Pr
www.correndocorridas.blogspot.com

Ricardo Baptista disse...

Parabéns Fernando pelo tempo, e pelo que me pareceu foi feito nas calmas...
Quanto à organização da Maratona do Porto, se fica algo para acrescentar são mais elogios. Realmente é sempre muito bom correr no Porto.
Um abraço.

Luis Matos Ferreira disse...

Muitos parabéns amigo Fernando!

Excelente corrida e interessante crónica, aliás, qualidades a que já estamos habituados.

Um abraço
Luís