segunda-feira, 18 de novembro de 2013

V Treino Nocturno das Lampas

Cartaz e foto de Duarte Andrade, numa composição de Nuno Marques


GALERIA DOS VENCEDORES



I - 2009

II - 2010
III-2011
IV - 2012

V -2013


CAMPEÕES,
CAMPEÕES, 
NÓS SOMOS CAMPEÕES !



A tendência  de crescimento vai-se mantendo e esta Nocturna das Lampas, onde todos começam e acabam em 1º, onde se pode correr 21km, 13km ou 6km,  começa a ter de ser encarada com mais seriedade. Não que lhe queiramos retirar qualquer das características que a têm tornado "apetecível", mas porque temos de juntar a tudo isso segurança.
Do que se passou no dia 15 de Novembro, recebemos os mais simpáticos comentários, e estamos muito gratos pela apreciação que foi feita.
Da parte que nos toca, há questões que precisam ser afinadas, mas foi muito gratificante assistir à adesão voluntária de gente amiga, pronta a arregaçar as mangas para proporcionar a quem nos visitou, um agradável convívio. Isso dá-nos esperança. 
Foi também muito gratificante receber 200 corredores e corredoras que gostam de estar connosco a darem corpo à iniciativa que lhes é destinada.
Muito obrigado a todos.
Como diziam os Gato Fedorento : A próxima é que vai ser gira!


4 comentários:

Carla Luís disse...

Muitos Parabéns à organização, foi de facto Fantástica!!!
& que melhor ocasião para me estrear numa Meia? :D
Na próxima estamos lá! :)
Obrigada Fernando!

Nuno Sentieiro Marques disse...

Parabéns a todos.
Obrigado e forte abraço.

Anónimo disse...

Fomos, de facto, todos campeões…

Porém, é bom lembrar que houve lá muita gente que, sem correr nada, mas que andaram muito para trás e para frente para nos proporcionarem excelentes condições logísticas e alimentares, quer antes, quer depois e ainda muito depois com arrumação e limpeza total do salão, também foram ENORMES CAMPEÕES!

A todos eles o meu MUITO OBRIGADO!

Orlando Duarte

Anónimo disse...

Mestre Fernando Andrade
um grande obrigado e abraço a todos os amigos que junto contigo têm feito história na corrida a pé em Portugal.
Estes treinos no percurso da prova, algo que penso seja único por cá, são sempre noites de celebração da corrida e de grande convívio.
Grande foto do Duarte Andrade, a captar alguma da magia na noite de sexta.
Para mim foram as décimas "rampas" e das mais fáceis.
Abraço companheiro (beijo da Isabel).