terça-feira, 24 de julho de 2018

Um abraço ao João Paulo





Ele não vai de modas, pensa assim:
-“Se gosto de correr, vamos, então,
Não importa a distância, que p’ra mim
Podem vir muitas léguas de alcatrão,
Que focado na meta, chego ao fim,
Pois não me falta determinação.
Sou o João Paulo Felix, vosso amigo
Que corre por prazer, não por castigo.

Corri Porto-Lisboa, vim feliz,
Corri também a Volta ao Ribatejo,
Medi a passo todo o meu País
Conforme era, de há muito, meu desejo.
E então, uma vez em Chaves, o que eu fiz
Foi vir por aí abaixo, por gracejo,
Até chegar a Faro (!) grande guerra!
E só parei por não haver mais terra.

Mas novo desafio surge na mente
(e sem que esteja a bater mal da mona)
Que é chegar a Faro, novamente
Mas desta vez, vindo de Barcelona!
Tanto quilómetro tenho pela frente
Mas vamos ver como isto funciona.
P´ra lá chegar, acho-me preparado
Ainda mais, com tanto amigo do meu lado.”

Força aí João Paulo. Vamos seguindo os teus passos.

Sem comentários: