domingo, 19 de outubro de 2008

Corrida do Tejo


Já depois de 1,15h de prova

O show da Farra Fanfarra


À “margem”, na Marginal

Fui “ver” o Tejo. Não tinha conseguido a inscrição, mas não quis que isso fosse motivo para lá não ir. Deixei o carro em Oeiras, dei uma voltinha pela zona de chegada e, quando eram 8,20h pus-me a correr calmamente até Algés, para depois, acompanhando os dez mil (!) inscritos, voltar para Oeiras. Faria assim qualquer coisa parecida com 20 Km, óptimo treino para a Maratona do Porto.

O vermelho (ou encarnado, como queiram) ia ganhando expressão, enchendo as ruas e, de forma mais compacta, na zona da partida. A Farra Fanfarra, no Largo de Algés, estava a dar um verdadeiro espectáculo! Parei ali e fiquei a ver (e a ouvir) até que concluisse a actuação, o grupo que, de uma forma muito bem humorada, oferecia músicas bem conhecidas de todos e punha toda a gente bem disposta. Um primeiro sinal muito positivo.

Por razões óbvias, não entrei em nenhuma das portas de acesso à partida e fiquei cá por fora a observar. Queria tirar umas fotos, mas a bateria foi-se...

Dado o tiro da partida, passam “disparados” os primeiros atletas e, depois, de forma mais compacta, o enorme pelotão. Fui corricando pela berma, devagar, até que o andamento me permitisse integrar o “vermelhão”.

De dois em 2 Km havia animação. É justo que se diga que, das várias provas em que tenho participado no País, a Corrida do Tejo, em termos de animação, supera todas as outras.

Rapidamente chegámos à Praia da Torre. O cronómetro da meta marcava, 47,30.

Por tudo aquilo que constatei, é uma Prova que merece a nota máxima, a todos os níveis. Não lhe vi defeito algum.

Digam lá o que disserem acerca do Isaltino, em termos de desporto, de facto temos que reconhecer alguma verdade no slogan “Oeiras marca a diferença”.

A todos os que estiveram envolvidos nesta grande Organização, quero endereçar os meus sinceros Parabéns, desejando que continuem estimulados na arte de bem trabalhar a modalidade.

6 comentários:

Carlos Lopes disse...

é como tudo, também já fiz essa prova como " infiltrado", mas o importante é mesmo estar no meio de 10 mil pessoas. Parabéns por mais este desafio... abraço

Paula Pinto disse...

Também gostei muito da prova este ano.Talvez por ter estado com amigos...
O ano passado senti que apenas fazia parte de uma enorme montagem comercial.
Há dois anos foi a minha estreia e tinha adorado.

Em termos de percurso, animação, organização (pelo menos o que transparece para o público) e apoios, é de facto uma prova excelente.

Beijinho

Paula

luis mota disse...

Olá Fernando!
Esta é uma prova que cresce ano após ano.
Acredito que para o próximo ano aumente o número de participantes.
É fantástico participar numa prova destas.
Tive a felicidade de efectuar grande parte do percurso com Vanessa Fernandes (que estava a treinar), o que em competição será difícil.
Além disso a participação da minha esposa, após lesão, foi o melhor que podia ter acontecido neste dia fantástico que vou recordar.
Agora resta-me conseguir terminar a Maratona do Porto, para conseguir atingir o grande objectivo pré estabelecido há muito.
Grande abraço,
Luís Mota

António Almeida disse...

Caro Fernando

concordo que é uma excelente prova e que mesmo sem estar inscrito é sempre muito bom participar numa prova que é também uma festa da corrida.
Também um bom treino para a Maratona do Porto (eu fiquei-me pelos 10 km).
Boa semana e até ao Porto.
Abraço,
António Almeida

joaquim adelino disse...

Olá Fernando Andrade
Visitei o seu blog e gostei imenso, você é já uma figura muito interessante no nosso meio e no Atletismo em geral, quer como atleta quer como dirigente, S.João das Lampas é para mim uma referência e isso basta para me identificar com novos amigos.
Fez um relato muito objectivo à Corrida do Tejo e também acho que a Organização foi insuperável. Esta sim é uma prova popular onde todos os participantes foram tratados com grane respeito.
Desejo-lhe também a si uma boa Maratona no Porto que se aproxima e que tudo lhe corra bem.
Queira receber os meus melhores cumprimentos.

André disse...

foi uma bela prova ;)