sábado, 20 de março de 2010

Projecto Limpar Portugal


Para se chegar aqui



É feio passar-se por aqui

O meu excelente grupo (quase todo) após a última "carrada" de lixo


Gostei de ter participado nesta campanha, pela acção em si e pela mensagem de sensibilização nela contida, pelos resultados obtidos e pelos companheiros e companheiras de jornada.
O tempo passou rápido e todos ficámos com a consciência que muito lixo ficou por recolher, mas o empenho e o entusiasmo de todos os voluntários que aderiram à iniciativa, deixam no ar a ideia de que outras acções, ainda que de âmbito mais local, possam vir a acontecer em prol do ambiente.
Na Freguesia de S. João das Lampas, foram consideradas 5 áreas de acção, dirigidas por aqueles que melhor conheciam o terreno onde gente sem escrúpulos depositou os mais diversos tipos de resíduos, ferindo a paisagem, contaminando a Natureza.
A Natureza que, como alguém disse, acabará sempre por encontrar o seu equilíbrio!pode é esse equilíbrio já não ser compatível com a existência da humanidade.
E mesmo assim – permanentemente agredida pelos humanos- a Natureza procura “esconder as feridas” deixando que a vegetação espontânea encubra e disfarce os inestéticos montes de lixo. Fui hoje testemunha disso ao chegar a locais onde sabia da sua existência. Algum desse lixo mal se via, encoberto com o mato com que Ela o tapou. Noutros casos - a maioria – não conseguia mesmo “disfarçar” deixando que os nossos olhos fossem agredidos com arrepiantes e vergonhosos quadros reveladores de uma conduta merecedora das mais pesadas penas.
Não sei ao certo quantos éramos. Talvez uns 60 ou 70. Recolhemos cerca de 75 m3 de lixo.
Bem sei que haverá quem pense que fomos uns otários por andarmos a limpar os terrenos dos prevaricadores e que não lhes pesando a consciência, ainda se ficam a rir de nós. Mas o que é isso comparado com o sublime prazer de andar ou correr pelo campo verde, liberto de sinais dos que o não merecem?
E amanhã, cedinho, com o dia de hoje bem vincado na minha mente, lá vou eu até ao Pragal para, mais uma vez, correr a Meia Maratona de Lisboa, na grande festa da Corrida Popular que arrasta milhares de corredores e caminheiros que terão de passar a Ponte 25 de Abril.
Por último, quero deixar uma palavra de gratidão a todos os que aderiram a esta iniciativa com um reforço especial para aqueles que, não residindo na Freguesia de S. João das Lampas, a escolheram para Limpar Portugal. Bem Hajam.

4 comentários:

Jorge disse...

Fernando parabéns a vc e a todos que participaram deste projeto, pois a natureza agradece, se todos tivessem a consciência não sujariam a natureza.
Bom final de semana e boas corridas.

Um abraço,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Fernando Andrade. disse...

Amigo Jorge
Muito obrigado ppelo simpáticfo comentário e por partilhar do mesmo interesse pela defesa da natureza.
Grande Abraço.
FA

Henriqueta Solipa disse...

Excelente iniciativa. Parabéns!
Todos nós deveriamos fazer o mesmo.

Tudo de bom!

Zen disse...

Parabéns pela iniciativa!

Abraço