domingo, 10 de junho de 2012

2ª Corrida de Santo António

Antes da partida com a Henriqueta Solipa e Carla André


Entrada no último Km

A chegada vista pelo José Carlos Sousa

Gostei desta 2ª Edição da Corrida de Santo António. Parti na zona dos 50minutos (onde finalmente, tive o prazer de conhecer a Henriqueta Solipa e a Carla André, e, com a conversa, rapidamente passou o tempo de espera). Foram 10Km feitos de trás para a frente até aos 6Km. A partir daí… foi ir gerindo o esforço o que ainda deu para passar alguns companheiros que iam em pior estado que eu. Concluí com o tempo de 45,35 (44,50).

Uma excelente Organização da HMSports, que nos vai habituando a uma qualidade acima da média nas Provas que organiza, todas elas com grande participação . Parabéns.

E lá vai uma "marcha":

Soa o tiro da partida no Rossio
Lisboa põe-se a correr
São dois mil que vão na direcção do Rio
E à direita volver
Os tambores marcam o ritmo das passadas
Desta gente da Corrida.
E nas ruas da cidade
Ao correr-se em liberdade
Lisboa ganha mais vida.

Lá vai Lisboa com tanta gente a passar
Quem pode vai a correr e quem não pode, a caminhar
Lá vai Lisboa, vai aos ombros do pelotão
Já que cada corredor a leva no coração.

(...e agora a má língua...)

Todos q’riam o cheirinho a manjerico
E era grande a ansiedade
P’ra mudar o intenso cheiro de penico
Nalguns pontos da cidade.
Lá diz o velho ditado
Onde mija um português
Mijam logo dois ou três
E dá neste resultado.

Lá vai Lisboa ...la-la-ra-la-la-ra-lai...




3 comentários:

Henriqueta Solipa disse...

"Todos q’riam o cheirinho a manjerico
E era grande a ansiedade
P’ra mudar o intenso cheiro de penico
Nalguns pontos da cidade."

ahahahaha é bem verdade.... afinal não fui só eu a sentir aqueles vapores :-)

beijinhos e gostei muito de o conhecer :-)

Jorge Branco disse...

Não me diga amigo Fernando que a minha cidade anda assim tão mal cheirosa?!
Será só falta de civismo ou também de WC públicos? Nem toda a gente tem dinheiro para ir a um café consumir qualquer coisa para aliviar as necessidades fisiológicas! E mesmo em estações de comboios, como é o caso de Santa Apolónia, tem que se ter uma moedinha na hora do aperto!
E se for falta de limpeza bem são os cortes orçamentais e outras coisas que tais!
Mas eu, na minha qualidade de lesma da lezíria ando bem longe desses cheiros! (bem o adubo químico cheira muito pior).
E assim se fez um comentário de mer**!

Jose Xavier disse...

Fernando;

Ainda dizem que Lisboa tem um cheiro especial...., só que ninguém tinha revelado dessa forma poética!!

Uma boa prova, e bem descontraída.

Um abraço amigo
dos Xavier's