sábado, 24 de agosto de 2013

Fado, Corrida e Rock n' Roll - A Nova Maratona de Lisboa



Corres ao longo do Rio
Nesta Prova em que o Machado
Assumiu a Direcção
Mas sinto um certo arrepio
Quando ouço em vez do Fado
Outro tipo de canção.

De Cascais até Lisboa
Na atmosfera ressoa
Uma alegre animação
 Mas a música que ouvimos
Não é a que mais sentimos,
A que nos traz emoção.

Se tu tens música nossa:
Lisboa, menina e moça
Tens o Vira, tens Malhão,
Tens Fandango, tens Bailinho
Tens até o Corridinho,
Mas Rock´n, Roll é que não…

Deixa lá, Severa, não nos leves a mal
Sei que isto é Lisboa, sei que isto é Portugal
Mas o Rock,n,Roll torna-se um som mais curtido
Tem até um ritmo que nos fica no ouvido.
Ido-ido, oh yeah

E em cada passo que dás no alcatrão
Não queiras que o Fado te acelere a exaustão
De certeza que te vais sentir mais feliz
Se te desligares do fado deste País.

Já noutras cidades, por esse mundo fora
Foi o Rock’n’Roll a música vencedora
E a Maratona  quando assim animada
É feita a brincar e não na ponta da espada.

Mas, Oh Fado amigo, és para mim um irmão
Só que p’ra te ouvir  é numa outra ocasião
Na Corrida, o  Rock tira todos os medos
 Se puser  o passo ao compasso dos dedos.

Vamos lá, então correr ao longo do Rio
Haja  muitos palcos também ao desafio
E ao chegar à Meta, no Parque das Nações
Venham os abraços, chovam as emoções.

Esta está feita… oh yeah
Esta está feita… oh yeah
Tchan,nan-nan-nan……………..Yeahhhhhh.


2 comentários:

Jorge Branco disse...

A Lisboa Menina e Moça fica para a futura Maratona das 7 Colinas. Aquela que vai subir as colinas da cidade, encantar-se como o seu miradouros, percorrer as suas vielas e beijar o Tejo!

SlowRunner disse...

Mais uns excelentes versos, Fernando!

Estou a pensar torná-la a minha 1ª "grande"... mas se não tiver "barriga" para tanto, meia dose chega.