quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Nelson, o Grande




Vai: - um –dois – três… e passa os dezassete!
E a pressaga agoirenta se calou.
Temos, de novo o Nelson, que comete
Um salto próximo dos que já saltou.
Quem na sua carreira se intromete
Dizendo que o vigor já se acabou,
Seguramente tem ideias turvas

Porque o Nelson “está aí para as curvas”.

Sem comentários: