segunda-feira, 6 de maio de 2013

O Discurso do Sol








Hora da deita! - disse o sol cansado -
Que eu não posso aguardar por toda a gente.
Já tenho o meu pijama preparado
E a minha fofa cama já me sente.
Pena que alguns não tenham cá chegado
A tempo de me ver já meio dormente,
Mas com sono, a mim ninguém me agarra
E já não podem ver-me da Samarra.

3 comentários:

Jorge Branco disse...

Excelente!
Se tivesse participado na prova seria dos que não veria o sola deitar-se certamente!
Mas com ou sem sol vamos ver se consigo lá ir para o ano!
Abraço

Fernando Andrade. disse...

Muito obrigado, amigo Jorge.
Quero vê-lo por cá.
Abraço.

horticasa disse...

Tenho mesmo que me por boa, não quero acabar sem participar numa coisa destas...
beijinho