sexta-feira, 21 de março de 2008

Grande Prémio da Páscoa - Constância

Olá, Constância formosa ...e segura.

Lembro-me bem do que te disse há um ano, pois fiquei verdadeiramente apaixonado por ti. Pelos teus encantos naturais, pelo teu sorriso, pela tua hospitalidade, enfim, por me saberes dar tudo aquilo de que eu gosto. Sei que prometi voltar, pois tu merece-lo, mas infelizmente, não vou poder fazê-lo, este ano. Quero pedir-te que me perdoes esta ausência forçada no teu dia de festa, mas, estranhamente, conforta-me saber que o meu lugar irá ser ocupado por alguém que te quer tanto quanto eu. É que é muito fácil gostar de ti, Constância e admiradores é coisa que não te falta. E também não preciso pedir-te para tratares bem todos os que forem ter contigo. Que correrão por ti. Que deixarão na tua terra o seu suor em sinal do muito que te querem.
E eu que tanto te quero, desta vez não posso transpirar por ti!.

Sem comentários: