terça-feira, 20 de maio de 2008

A Festa da Amizade



No passado Sábado, 17 de Maio, S. João das Lampas esteve em festa.

Chamaram-lhe, bem a propósito, a Festa da Amizade, numa demonstração feliz de que teremos uma sociedade melhor e mais saudável se a Escola também se preocupar em promover outros valores para além da matéria curricular. Graças a uma exemplar articulação de esforços entre a Associação de Pais e Encarregados de Educação de Escola Básica de S. João das Lampas, o seu Corpo Docente e Auxiliares, os alunos mostraram à comunidade do que são capazes e com ela “interagir “(como, modernamente, soe dizer-se).

O Largo de S. João das Lampas, pela sua amplitude e enquadramento na povoação – e por ter paredes meias com a Escola - possui excepcionais condições para a prática de eventos como este, que visava a angariação de fundos para a aquisição de equipamento que melhore as condições pedagógicas da Escola.

E que bem sabe ver a pequenada correndo de um lado para o outro naquele enorme espaço verde, cheirando a relva acabadinha de cortar!

Com o apoio da Junta de Freguesia e da Sociedade Recreativa local (e de algumas empresas e particulares), esta Festa constava de um programa bem recheado:

No palco, para além dos alunos da Escola, actuaram os “Urban Dance Company”, o Trio “Best Day” (gente cá do burgo mas que também tem direito a nomes com “projecção internacional”, pois então), os Duetos “Andreia Lopes e Jorge Pitacas” e “André e Prof. Pedro”, o Grupo de Hip-hop da União Mucifalense.

Em várias tendas brancas, harmoniosamente distribuídas pelo relvado, funcionaram, olaria, pinturas, casas-ninho, pinturas faciais, pastelaria, recuperação de livros, ciência divertida.

Do riquíssimo programa, ainda constavam outras iniciativas como: slide, cavalos e passeios de charrete, insufláveis, quermesse, serviço de bar, plantas aromáticas e medicinais, etc.

Responderam à chamada, mantendo-se presentes durante toda a festa os Bombeiros Voluntários de Sintra e o Núcleo Escola Segura da GNR cujos agentes, num elevado gesto de profissionalismo, abdicaram da folga em favor deste evento.

Marcaram também presença nesta Festa o Senhor Vereador Luís Patrício e o Chefe da Divisão da Educação da Câmara Municipal de Sintra que, embora apoiando moralmente o evento, se viram ultrapassados pelas novas “políticas” com que a edilidade passou a “ceder” equipamento que, em boa verdade, não servirá para outras coisas.

Tudo isto foi fruto de grande azáfama, que durou até ao final do dia, quando tudo foi desmontado e colocado no lixo o último papelinho que, por descuido, alguém deixou cair. E o espaço foi “restituído” à comunidade exactamente como fora recebido, contrastando com o desrespeito desolador a que se assiste nos dias de feira.

Estas iniciativas são importantes e desejáveis pois delas se podem retirar grandes lições. Para os promotores desta 2ª Festa da Amizade, fica uma palavra de incentivo e de felicitações por mais este sucesso e o desejo de que o exemplo possa estender-se a outras escolas.







Sem comentários: