segunda-feira, 18 de agosto de 2008

"É bué da bonita"





Foi assim que, depois de um olhar emocionado e contemplativo para aquele disco reluzente que segurava nas mãos, Vanessa se expressou. O mundo inteiro viu como ela deu conta do recado, sabendo ultrapassar com grande espírito de sofrimento, aqueles momentos terríveis com que o comum dos mortais teria claudicado.
No segmento de corrida, a australiana Emma Snowsil arrancou imparável para o ouro e a prata estava a escapar-se. A máscara de esforço da Vanessa contrastava com a da serenidade a que ela nos habituou. Ia ser muito difícil segurar o 2º lugar ao longo de 10 km! Só uma lutadora não entregaria os pontos. Como diria o grande Poeta, ela sabia que era muito mais que ela : eram 10 milhões que nela se reviam e que ela não queria defraudar.
E, com a maior das bravuras, conseguiu!
Obrigado Vanessa. Valeu a pena ter ficado acordado até às 5 da manhã, para assistir, em directo, a este feito histórico: Medalha Olímpica de Prata (dourada!).
É mesmo “bué da bonita” !

1 comentário:

luis mota disse...

Para quem assistiu em directo foi uma prova emocionante.
Mesmo que não tivesse sido Mealhada a Vanessa seria o Orgulho do Povo Português.
Para quem tanto trabalhou, durante anos, teve o reconhecimento merecido obtendo este fantástico resultado.
Luís Mota