sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

…E contudo ela move-se!

Há dias recebi de um amigo um e-mail que dizia assim :


"Os donos do capital vão estimular a classe trabalhadora a comprar bens caros, casas e tecnologia, fazendo-os dever cada vez mais, até que se torne insuportável. O débito não pago levará os bancos à falência, que terão que ser nacionalizados pelo Estado" .

Karl Marx, in Das Kapital, 1867

Uma “profecia” que, 140 anos depois, veio a confirmar-se.

Confesso que nunca me deu para estudar, a fundo, a doutrina deste homem, conhecendo dele apenas o conceito vago, quiçá impraticável, de uma sociedade sem classes.

À luz dos seus princípios, constituíram-se estados que, entretanto e para gáudio de outros, ruíram ,tendo sido dito, “com quantos dentes tinham na boca”, que se tratava de um “modelo falido”!

Tal como Galileu, que apesar de condenado por defender que era a Terra que se movia em torno do Sol – contra uma corrente dominante – proferiu a célebre frase do título, também Marx apresentou ideias que, por serem “contra a corrente dominante” não vingaram, mas que o tempo veio a confirmar.

…”e contudo ela move-se”.


Ah... falta dizer (mesmo sem que mo tenham perguntado) que não tenho qualquer cor política.

4 comentários:

Stéphanie Perrone disse...

No meu trabalho de conclusão do curso de jornalismo utilizei um teórico chamado Guy Debord, que baseou muitas de suas teorias sobre a sociedade moderna nas de Marx, especialmente no livro O capital. E assim como esta frase de Marx, muitas das frases de Debord foram na época ignoradas e tratadas como mentira, mas hoje se mostram mais atuais do que nunca.

ótimo post. veio bem a calhar com o momento economico que vivemos.

bons treinos e bom carnaval!
Stéphanie

MPaiva disse...

Se eu não treinar eu não conseguirei resultados.
Se tu não treinares, tu não conseguirás resultados.
Se ele não treinar, ele não conseguirá resultados.
Se nós não treinarmos, nós não conseguiremos resultados.
Se vós não treinardes, vós não conseguireis resultados.
Se eles não treinarem, eles não conseguirão resultados.

Se alguém pensar que consegue resultados à custa do treino ou do talento de outra pessoa, está muito enganado.

abraço
MPaiva

João Meixedo disse...

Pois é: é estar errado ter razão antes do tempo.

Fernando P disse...

Olá Caro Amigo,
Lamento dizer-lhe que essa é uma falsa citação do Marx, que nunca escreveu isso (embora tenha escrito outras coisas igualmente actuais).
O mail tem circulado um pouco por todo o lado, mas não passa de uma brincadeira de mau gosto.

E já agora: então e essa Maratona?