sábado, 7 de fevereiro de 2009

Maratonas

Sei que muitos dirão de mim :

“-Aquele gajo é doido! Faz maratonas atrás de maratonas. Esquece-se que uma maratona deixa marcas e é preciso tempo para a recuperação. Ainda por cima, já não é nenhum jovem. Fez há dias a Maratona de Badajoz e 3 semanas depois está a pensar ir à Maratona de Sevilha! E sem treinos adequados. Ainda arranja alguma...”

Pois!

E para se fazer uma maratona, o que é que é preciso ?

- Gostar de correr ;
- Estar em boa condição física;
- Fazer um treino adequado à distância;
- Ter uma boa alimentação;
- Ter o descanso suficiente.

De todas estas condições, acho que só tenho a primeira, que, no meu modesto entendimento (ou ignorância...pronto) é a principal.

Por outro lado, existe alguma diferença entre ser “maratonista” e “maratonoturista” que é aquilo que eu me considero :estou lá, vejos os outros a correr e eu, contemplando as paisagens, vou correndo tendo como única preocupação “saborear” a corrida o máximo de tempo possível, procurando retardar o momento em que ela se torne penosa. No final, é gratificante aquela sansação de ter conseguido “fazer mais uma”.

Num interessante debate sobre a Maratona em Outubro de 2006 no omundodacorrida.com,
quando já estava todo “apanhadinho”, postei o seguinte :

“De ti já sou cativo! Sou teu escravo!
Vais-me levar até ao fim do mundo.
Tenho a pena perpétua com agravo;
Por tanto desejar-te mais me afundo
Num mar onde … não ganho nem um avo,
(Pois nunca fui primeiro nem segundo)”
É assim que minha mente funciona
Depois que conheci a Maratona,

A grande prova de capacidade
De autocontrole e de superação
Da resistência, da tenacidade
De treino intenso, de motivação,
Que nos traz calma e tranquilidade
Logo que feita uma primeira acção;
E o nosso ego enche-se de confiança
Que o mundo é nosso; de quem não se cansa!

“Deixei tudo por ela, deixei, deixei…”
Dizia o Zé Cabra, do amor da vida,
Assim ando eu, sem regra, sem lei,
Neste fascinante Mundo da Corrida
Onde fiquei preso e onde, ao que sei,
Há p’raí mais gente que ficou “detida”.
Venham, venham mais ver-nos à “prisão”
Quantos mais vierem, mais livres serão.

Conclusão : A maratona é "viciante" !

11 comentários:

Mark Velhote disse...

Olá Fernando,

Sem o conhecer até acho que reune todos os requisitos que enumerou, caso contrário nem sequer tinha conseguido chegar no tempo que chegou!
O importante é que haja saúde, força e acima tudo o gosto pela corrida que destacou!

Continue, mas sempre sem exceder os limites de velocidade! :D

Abraço

joaquim adelino disse...

Enquanto sentir que a corrida é um elemento fundamental da razão da sua existência e da sua vida não pare, a vida só faz sentido se seguirmos os impulsos que ela própria nos vai indicando, para o Fernando Andrade e todos os fernandos uma das variantes do percurso passa por esta coisa bonita que é correr, corrrrrrrer, até ser humanamente possível.
Amigo, um abraço e a bonita Cidade de Sevilha está já ali.

Fernando P disse...

Bem dito, Fernando, mas há vícios e vícios, não é?
As regras sobre os períodos de descanso, etc. existem para ser violadas! Aliás, trata-se de médias, não de verdades absolutas.
E força para Sevilha (também está na minha lista, mas não será para este ano).

Ricardo Hoffmann disse...

Parabéns pela força Fernando. Você tem indice para entrar para o Marathon maniacs!! Manda ver. http://www.marathonmaniacs.com/

...tuttA... disse...

Olá Fernando, dei uma olhadinha básica no seu blog e acabei gostando, por isso add ele no meu, ok?

Abraços.
Ah, e maratona vicia mesmo. rsrsrs

Ótimos kms pra você.
Qundo der dá uma passadinha lá no meu, ok?


...tuttA...
ubiratã-Pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

Jorge disse...

Olá Fernando muito boa a sua colocação, realmente o ideal é descansar após uma maratona, mais já vi também amigos correndo uma atrás da outra, exceções existem né.
Só sei uma coisa ano passado por fazer uma maratona num mes e logo no mes seguinte fazer outra de 50km eu me danei me lesionei a minha panturrilha esquerda e o saldo dessa brincadeira foi que fiquei 2 meses parados.

Mais lembro se vc tem um ideal coloque em prática boa sorte amigo.

Boa semana e bons treinos

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com

...tuttA... disse...

Olá Fernando olha eu aqui denovo.
Desta vez vem para dizer-te o seguinte:
Tá rolando uma premiação pela blogosfera, e meu blog foi indicado, e eu resolvi indicar você!

Dá uma passada lá no (www.correndocorridas.blogspot.com) e retire seu selo e siga as regras do prêmio!
Ok?


Abraços e ótimos kms pra você.

...tuttA...
ubiratã-Pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

Duarte Gregório disse...

Boas, tenho um desafio para si no meu blog.
Abraço

António Bento disse...

olá Fernando
em 1º lugar OBRIGADO por mais uma "seguidela" nos blogues cá da casa. ;-)
Maratonas: força em todas as que quiser fazer. O corpo é sábio e quando for altura de frenar, alertará.
Até lá goze muito e bem, com o maior dos prazeres e espírito conquistador, pois os caminhos que fazem sentido são os que escolhemos e trilhamos.
Abraço forte.
AB - Tartaruga

José Xavier disse...

Caro Fernando;

Só o entusismo já é importante, e claro o tempo de descanso também é. Mas acima de tudo a alegria de correr é algo muito mais importante.

Ainda não tive a "vontade" de fazer uma maratona, vou-me ficando pelas "meias" , e já é bem bom!

Boa sorte para Sevilha.

Xavier

runningirl disse...

Ola Fernado:

Passei pelo seu blog também e gostei muito. Somos todos "viciados" em correr. Eu tambem ja não sou tão jovem e tento correr 2 maratonas por ano mais 2 ou 3 meias. Este ano estou pensando em correr 3. Entao nao sou a única viciada.

Vou seguir o seu blog que por sinal é muito bom. Pelo visto você ja visitou o meu. Espero que consiga ler em Inglês.

Boa sorte amigo.

Sandra (runningirl)
USA