segunda-feira, 5 de abril de 2010

23º Grande Prémio de Constância


Faltavam vários, pois estava na hora da partida (foto de António Melro)





Subindo rio "abaixo" (foto de Isabel Almeida)

Constância é sedução. Desde a 1ª hora, que o seu fascínio me atrai. É irresistível o seu encanto, a sua história e tradição, o afã da sua gente para celebrar as festas da Páscoa e da Nª Srª da Boa Viagem. Constância, a “Vila Poema”, vale a pena.
E se eu já andava “de beicinho” por esta terra e pela sua corrida de 10Km, num percurso de ir e voltar, de rara beleza, na margem esquerda do Zêzere, passei a ter uma outra razão forte para não deixar de lá estar presente. Uma presença também simbólica, em solidariedade com a nossa amiga Ana Paula Pinto, do Blog Além Virtual, em homenagem à jovem Margarett, sua linda filha que, também ela, “ a fortuna não deixou durar muito”. Uma palavra de grande admiração pelo exemplo da Paula, para quem vai um grande beijinho.

Tinha pouca esperança de poder estar em Constância no passado Sábado, para participar no 23º Grande Prémio da Páscoa. Daí não me ter inscrito, pois não quis abusar do facilitismo que é dado pela Organização, proporcionando inscrições gratuitas, mesmo a quem não tem a certeza de estar presente.
Fui de boleia com o João Hébil e, lá chegado, enquanto conversava com um amigo, o João arranjou-me um dorsal, pelo que corri sob pseudónimo, sendo logo “avisado” que se tratava de um nome de um atleta de grandes marcas. Seu nome: “José Perfeito” do CALMA!
Claro que, com um nome destes (e ainda por cima os dorsais eram personalizados) me sentia um “figurão” numa Corrida que merecia mais respeito (mas não foi por mal) e dei comigo a “aparvalhar” :

Que “Perfeito” figurão
Em Constância correria
Se não fez a inscrição
Cada vez mais se sentia
Mais longe da “perfeição”. Ehehehe

Acabei com 45 minutos e 4 segundos e, como chovia, viemos directamente para o carro e, à “francesa”, viemos logo embora.
Deixo aqui um pedido de desculpas ao pessoal amigo com quem gostaria de ter confraternizado mais algum tempo, mas, desta vez não deu.
Quanto à organização da Prova, está de Parabéns. Não vi uma única falha (OK, não detectaram que o “Perfeito” era outro! ehehe) pelo que merece a nota máxima em todos os parâmetros e o “carimbo” de “PROVA RECOMENDADA”.

7 comentários:

Vitor Veloso disse...

Olá Andrade,
Excelente manha em constância, numa prova muito bem organizada e de voltar mais vezes.
Quando passei por si sentia-me como uma luva!!
Que pena não estar na Arrábida, os “Sinos” também uma boa opção, boa prova.
Grande abraço
Boa semana
Vitor Veloso

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Fernando,

gosto sempre muito de o ver. mesmo "a correr", o importante é vê-lo bem, por aí, a correr.

Um beijinho e até à próxima

Ana Pereira

joaquim adelino disse...

De fugida e mesmo disfarçado o que importa é ter estado lá e cujo objectivo maior era mesmo a simbologia daquela camisola e a palavra amiga lá deixada.
Boa prova para Mafra.
Um abraço.

António Bento disse...

e Mais nada Fernando!
Tudo à maneira, num bom registo desportivo, que complementou o registo mais importante, junto da Ana Paula e da Margaret.
Um abraço
Bons treinos
Até breve
Abraço
AB - Tartaruga

luis mota disse...

Venho por este meio agradecer todo o apoio e simpatia manifestado pessoalmente e nos comentários deixados no Tomaracorrida e no Dorsal 3739.
Uma boa semana para vós, Luís Mota

JH disse...

Fernando,
Desculpa lá ter-te arrancado a ferros de Constancia, mas já sabes que vivo num ritmo que não recomendo a ninguém... de qualquer forma foi um prazer voltar a correr contigo.
Abraço
João

ana paula pinto disse...

Mais recomendáveis ainda são sempre as suas palavras.
Quase sempre sorridentes:))

Beijinhos a um homem (cidadão) que a correr faz versos ou faz versos a correr? Já nem sei:))

Um beijinho

Ana Paula Pinto

(POde ser que seja desta as Lampas)