domingo, 10 de março de 2013

1º Trilho das Lampas - Imagens

Ontem, depois do almoço, nas calmas, fiz-me à estrada, ou melhor, ao trilho que, no próximo dia 4 de Maio, muito gostaria que os amigos (e amigos dos meus amigos que gostam de correr na natureza) fizessem.
Tinha um propósito, que era optar por um  percurso definitivo e, ao mesmo tempo, recolher imagens, após uns dias em que choveu abundantemente. Tais imagens, representarão um cenário que as condições climatéricas tornam efémero, mas que ainda assim, vale a pena registar. Era assim que gostaria que estivesse no dia 4 de Maio, o que será pouco provável mas, como as estações do ano já não são o que eram, até pode ser que as águas mil de Abril, venham lá para o final do mês e permitam que a Ribeira da Samarra esteja como ontem a encontrei.
Bem sei, que há as lamas a ter em conta, que o piso pode estar escorregadio e mais perigoso (ou "técnico" como se diz para tornar a coisa mais suave), principalmente nos carreiros mais inclinados mas, por ironia, é precisamente por aí que o percurso se torna mais belo. Mostro-vos, então, algumas das imagens “fresquinhas” para que possam imaginar a prova e as dificuldades (ou não) que vão encontrar pela frente.



Aos 3Km

A velha Fonte da Bolembre ( a precisar de uma limpezazinha ) :3,5Km

Ponte da Fonte da Pipa ( a cheia levou uma pedra, que foi substituída por madeira):5Km

A azenha aí existente (que era do meu avô) e que foi recentemente restaurada

A roda da Azenha a funcionar devidamente (Já não é para moer trigo, mas o aspecto exterior é o mesmo de outrora)

Os caminhos enlameados

Mais uma queda de água (aos 7Km) junto a uma  ponte (R.Fonte da Anca) Azenha em ruinas oculta pela vegetação

é mesmo para passar por dentro


Junto a Catribana (pèzinhos submersos, vá...)

...isso...


As raizes do pinheiro dão excelentes degraus
Uma olhadela para a esquerda...

O Açude das Brecas

Há que atravessar novamente. E a corrente? Ah, isso não importa...

Eu a errar o alvo. Aquilo preto são as minhas calças. O meu receio era desequilibrar-me e a máquina ir à água. Mas passei.

 Olha a Azenha da Samarra


Início do carreiro estreito (não garanto é que as ovelhas, que até dão um ar bucólico ao Trilho, lá estejam a 4 de Maio)

Sim,sim...pelo risco é que vamos...

...e aqui também (claro que é aconselhável não correr)

A ponte (qual ponte?) é uma passagem para a outra margem

Já está. E o mar não estava para brincadeiras
Aqui temos que encontrar a subida

Já na subida


Pelo carreirinho que nos leva ao Castelo

Ei-lo : o Castelo do Dr. Gusmão, construído nos anos 50 e que hoje é propriedade de uns senhores alemães)


Aqui devemos ter perto de 11Km (só para dar uma ideia)

Uma nova panorâmica sobre a Praia da Samarra


E vamos contornando a linha da costa...

A descida para a Ribeira da Mata (claro que já estava na outra margem) 

Chegada a Cortesia (Largo da Fonte do Olheiro) onde iniciamos um troço de 2Km de asfalto, para descontrair

Fonte de Cortesia

Fonte de Catribana (esta água é potável) Aos 14Km -Serve de abastecimento

A Ponte Romana

A calçada que se segue

E o moinho, por onde tínhamos iniciado esta mais ou menos turbolenta viagem
Depois será a chegada ao Largo de S. João das Lampas. Para alguns, 1,30h chegará, mas para outros 3h pode não ser suficiente. Ontem demorei 3h, mas fiz muitas paragens e, ao refazer o percurso no Google, deu-me 18200m.


14 comentários:

Spiri disse...

Cheio de vontade de embarcar nesta aventura!

Anónimo disse...

Grande iniciativa,
Quando e onde abrem as inscrições?
Obrigado,
Diogo

Fernando Andrade. disse...

Caros Spiri e Diogo
Obrigado pelos vossos comentários e por termos despertado o vosso entusiasmo com a iniciativa do 1º Trilho das Lampas. Quanto às inscrições, penso que começarão com a publicação do Regulamento, na semana que vai entrar. Estejam atentos aqui ou no evento do fb, onde vão saindo as novidades.

Jorge Branco disse...

O "Primo" é lindo!

Fernando Andrade. disse...

Obrigado, Jorge. O "Primo" está a mostrar-se com a melhor fatiota que tem. (Para quem não sabe, "O Primo", foi uma gentileza do Jorge Branco, no seu blogue Último Km, quando se referiu ao 1º Trilho das Lampas, num texto bem humorado e delicioso de ler, e que recomendo vivamente). Abração Jorge.

Miguel disse...

Já está agendado...

Fernando Andrade. disse...

Obrigado, Miguel.
Tudo faremos para que ache que valeu a pena vir fazer este 1º Trilho das Lampas.
Abraço.

joaquim adelino disse...

Espero não me distrair, ficaria com muita pena se ficasse ausente. Espero também que o final de Abril haja água com abundância, é onde me sinto melhor. Abraço

Ricardo Hoffmann disse...

Que percurso!! Pena ser tão longe. Sucesso aos felizardos que estarão por ai.

Fernando Andrade. disse...

Adelino, Adelino...não venhas com desculpas. Aqui não podes faltar, já sabes.
Abraço.

Amigo Ricardo
pena que haja tanto mar a separar-nos, pois teria todo gosto em tê-lo por estas bandas. De qualquer forma, obrigado pelos votos.
Grande Abraço

correrporprazer disse...

Vai ser complicado resistir a tão belas paisagens!
Vamos ver se vai ser desta que me estreio nos trilhos... os meus joelhos é que não gostam nada da ideia.

Fernando Andrade. disse...

Bem vindo, Zé Pedro.
Seria um prazer ter-te por cá, desta vez, fora do alcatrão.
Abraço.

Did disse...

Foi Espectacular!
Parabéns mais uma vez Fernando Andrade e todo a equipa do Staff, foram irreprensíveis no apoio.
Só lamento não ter podido ficar para o convívio, mas o dever laboral fala mais alto.
Grande Abraço

Pedro Ramos disse...

Adorei a prova. Parabéns pela excelente organização e pelas belas pasisagens que pudemos usufruir. Para o ano lá estarei de novo. Onde poderemos ver fotos da prova, para partilhar cá em casa. Bons Treinos!!