sexta-feira, 29 de março de 2013

Constância 2013... "por um canudo"

Foto de 2009, quando participei no GP Constância
integrado no grupo que correu em homenagem à Margarette

Amanhã vai ser o Grande Prémio da Páscoa, em Constância. Uma Corrida onde gosto muito de marcar presença mas este ano, não vai dar. Lembro-me que no ano passado fiquei "danado" por terem cancelado a prova. Este ano, realiza-se e eu não vou. E como não posso ir, rebusco no baú- para avivar a memória-  o que terei dito noutros anos, a propósito de Constância.
Encontrei isto, que foi publicado no Forum do Mundo da Corrida, em 2007, da primeira vez que lá fui ao Grande Prémio da Páscoa. A brincadeira tinha sido com o nome actual e antigo desta simpática vila e era assim:


É p’ró trapo encharcado !

Buscando por caminhos de ignorância
Aquela por quem tudo se derrete
Já temia não encontrar Constância
Achando que ia ficar pelo Punhete

Disse-me, a rir, um velho bem disposto:
-Constância é já aqui! Que raio de enganos...
Mas se quereis o Punhete e tendes gosto
Precisais de recuar quinhentos anos.

Par’ceu-me ter ficado esclarecido
Que uma tal toponímia, no presente
Soaria, confusa ao nosso ouvido
Numa terra em que tudo é boa gente.

Seria punhetense o Luis Vaz ?
Caricato gentílico este, o seu
Ele que tinha fama de rapaz
A quem tanta donzela o amor deu.

Mas, Constância, com teu ar sedutor,
Guardarei o teu perfume, a tua essência
Clamo por teus encantos, teu pudor,
Serás Punhete só na tua ausência.


Então ?!!
Esses arremeços ?! 

1 comentário:

Anónimo disse...

Este ranhoso que se diz de arquiteto,ex tachista da federação portuguesa de atletismo,não percebe que as autarquias ao apoiarem as atividades desportivas para todos, estão a investir na saúde da sua população.
Escreve:Jose Henrique Martins