terça-feira, 19 de março de 2013

1º Trilho das Lampas -Tons de verde





Partindo de onde parte a dura Meia
Que por ter tantas rampas ganhou fama,
Contornarão o Largo desta aldeia
E vão, depois p’ra o campo que os chama.
(O campo que agora ninguém semeia
E torna ainda maior o nosso drama).
Mas o verde lá está, viçoso e forte
Nesta terra que nos calhou em sorte.

2 comentários:

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

E cá temos o Fernando no seu melhor :)

E o verde a chamar-nos.

Fernando Andrade. disse...

Olá, Ana. Muito obrigado por visitar o "cidadão", por se sentir atraída pelos verdes campos e pelas palavras sempre simpáticas que aqui deixou.
Beijinho e olhe que quero que seja uma das primeiras a inscrever-se nos Trilhos das Lampas.