quinta-feira, 10 de maio de 2012

Toma,toma,toma

Acho que a coisa virou-se.
Só pode ser maldição!
Ontem foi p’lo pingo doce
Hoje é pela Selecção.

Porque a opinião que é dada
É aquela que eu pondero
Estou só a "apanhar porrada"
De amigos que eu tanto quero.

Que esta "maré" vá depressa
Mas ninguém se vá calar
Que uma ideia quando expressa
Pode outra ideia encontrar.



3 comentários:

Jorge Branco disse...

Oh amigo Fernando! Deixe lá que quando eu voltar as suas rampas elas vigam-se de mim por si
Fartei-me de apanhar "porrada" delas!
Forte abraço.
[e da discussão nasce a luz e assim, quem sabe, poupo na factura da eletricidade que a coisa anda preta :)e eu nem fui ao PD]

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

ah pois é! Pois é meu amigo Fernando, se uma pessoa diz o que pensa, está sempre sujeito: há quem concorde, quem discorde e ainda bem que assim é. Mas se o preço para estarmos nas boas graças de todos (jamais estaremos) é sermos hipócritas, ou simplesmente não nos definirmos em opiniões e posturas perante este e aquele assunto, então seremos prisioneiros de nós mesmos, seres vazios e falsos.

E a nossa própria opinião muda (ou não). Como diz o Jorge, da discussão nasce a luz! E só há discussão (válida) se as pessoas forem sinceras, verdadeiras e abertas. Principalmente consigo próprias!

Por isso meu Amigo FA, continue a ser si próprio, mesmo que isso o faça levar porrada. O Fernando aguenta! E tenho a certeza que para um que lhe bate, há outro que o aplaude...mesmo sem coragem para o dizer muitas vezes, precisamente com medo dessas polémicas e na esperança de se manterem de bem com deus e com o diabo, mas isso, sabemos que é impossível.

Beijinho

Anónimo disse...

Olá mestre Andrade
levando porrada mas sabes que a malta te adora.
Quanto ao teu anterior post já vi o anúncio na tv e não podia estar mais de acordo com a frase "Corre Portugal", frase que se destina aos participantes na corrida mas que antes de mais devia estar lá no balneário dos jogadores que vão vestir a camisola, em muitos clubes também não se perdia nada em lá estar...
Como deve dar para entender não sou fã do desporto que arrasta multidões, longe disso, tão pouco adepto da selecção, aliás no ano em que o europeu foi cá até me senti deslocado tanta era a histeria que via à minha volta.
Claro que isto não invalida que veja com bons olhos a corrida em causa até porque segundo sei saber as receitas revertem para uma instituição o que logo por si é altamente louvável.
Bom fim de semana.
O teu amigo corredor(aprendiz).