sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Um dorsal com direito a... Heráldica




A nobreza tem destas coisas :

Foram escolhidos os símbolos claramente identificadores do percurso, tendo em fundo a Serra de Sintra em silhueta azul e o Palácio da Vila em silhueta negra, ponto de partida de três milhares de corredores.
Em chefe, no cantão direito, o palácio com as suas imponentes chaminés sobressaindo de um círculo amarelo representando a Lua, em alusão à antiga denominação de serra “Monte da Lua”; ao centro a inscrição Sintra-Câmara Municipal, entidade organizadora do evento e no cantão esquerdo do chefe, sobre rectângulo roxo, o horário da partida a amarelo. Em flanco à direita em extensão, inscrição de leitura ascendente com o nome e idade do portador; a negro, número árabe com quatro algarismos representando a ordem de inscrição. No flanco esquerdo em extensão, o esboço a cinza do Farol da Roca, local  “onde a terra acaba e o mar começa”, destino dos corredores também aí representados em silhueta policromática.
Em ponta, a inscrição a branco sobre fundo negro: XXIV G.P. FIM DA EUROPA associado a um elemento destacável e personalizado.


Longe vão os tempos da plebe.

4 comentários:

António Almeida disse...

Mestre
Terminas quase com um lamento mas pelo que antes escreves parece ser um dorsal muito bem elaborado...
Bom fim da Europa, prova que nunca fiz.
Abraço.
António

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Muito bem elaborado pois sim. Nada de especial face ao preço das inscrições :) Aliás...em minha opinião falta o nome em destaque do atleta.

Boa Corrida amanhã Fernando! Serra acima, serra abaixo!

Beijinhos

Fernando Andrade. disse...

Olá, António
Dizes bem : termino com um lamento. Mas também reparaste que, quando disse "que a Nobreza tem destas coisas" estava a ser irónico. O descritivo em " arremedo de heraldez" foi para justificar, de algum modo a tal nobreza, pois lamento profundamente que esta prova tenha cedido à fúria "dos mercados".
Grande abraço (e esta prova é daquelas que aqui o teu amigo te aconselha vivamente).

Fernando Andrade. disse...

Olá, Ana.
É claro que me fiquei por tentar descrever o dorsal. Já muito se disse sobre a prova e entendi que deveria remeter-me ao silêncio até à sua realização, pois ainda que o modelo escolhido seja coroado de sucesso, faltou-lhe qualquer coisa. Depois da prova, pronunciar-me-ei.
Quanto ao "nome em destaque do atleta" está no "destacável". É que aquilo é uma tira de papel que se retira para colocar no saco da roupa a transportar nos carros da organização, mas que eu despenso, pois vou deixar o carro à Azoia e faço 2 vezes o percurso (faço ou vou tentar fazer, eheh).
Grande beijinho, Ana.