domingo, 21 de novembro de 2010

Ainda a "Noite"

Mais uma vez, obrigado pelas vossas palavras, que são sempre estimulantes mas tenho que vos confessar que o que fiz não foi nada de especial. Foi-me sugerido um treino nocturno, desta vez pelo traçado da Meia de S.João das Lampas. Aceitei. Conversei com dois ou três elementos da Organização, que também aceitaram. A Sociedade Recreativa cedeu as instalações. Portanto... não era preciso mais nada a não ser que aparecesse gente para alinhar neste desafio que tinha o seu quê de ousado .


A ideia inicial era servir um chazinho e uns biscoitos, no final do treino ( como, aliás tinha sido no ano passado e que foi suficiente para que os convivas saissem satisfeitos ) . Depois, surgem conversas na brincadeira, tipo "agua-pé" do Luis Parro e, claro, a água pé "pede castanhas" e, para "desenjoar" dos biscoitos e das castanhas, talvez, qualquer coisa com mais "substância" e vem então o franguinho e as pizzas, que ajudaram o pessoal a confraternizar por mais alguns minutos, pois o adiantado da hora era pouco convidativo a estar fora do aconchego do lar. Foi bom. Senti-me envaidecido com os comentários feitos, mas quero transferir totalmente para os meus amigos da organização, os agradecimentos feitos pelos atletas. É que eu apenas fui um dos 29 que estava doidinho por correr com companhia, ao contrário do que é habitual. E isso não merece agradecimentos.

O que é que isto tem de especial? É que são os vossos bons olhos que fizeram deste treino, um evento agradável,que, talvez não seja necessário aguardar-se um ano, para repetir (com ou sem variantes).

Nota: -Esqueci-me de falar numa coisa, para esclarecer aqueles que pensaram assim: -" Mas estas coisas custam dinheiro!"
Pois bem, o que acontece - e não sei se isto pode ser considerado inovação- é que do orçamento de uma prova, poderá ser reservada uma verba para este efeito que, no fundo constitui um importante factor de divulgação da mesma e assim, o efeito desejado de uma prova poderá sair multiplicado. Foi isso que pensámos.

4 comentários:

José Xavier disse...

Fernando;

Existem coisas simples, como esta de fazer um treino em grupo, que valem ouro.
O convívio, o facto do treino em grupo sem a pressão da prova,o ser diferente do normal à noite, são elementos importantes para quem gosta de correr.

Só o que custa mais, é ouvir.....e se fosse cá não fazias a limpesa!!....mas o hábito já é tão grande que já nem escutamos não é?!...a mim também me acontece o mesmo ..hihihihi

Um abraço amigo
dos Xavier's

Fernando Andrade. disse...

É verdade Xavier.
Sublinhas bem as grandes vantagens deste tipo de iniciativas, que fomentam a Corrida, são baratas e constituem importantes momentos de confraternização.
Fiquei contente por ter resultado.
Quem sabe se quando cá estiveres de férias, a gente não organiza uma coisa do gênero!?
Granede Abraço.
FA

Luis Parro disse...

Amigo Fernando,
Que dizer mais a enaltecer esta iniciativa? Adorei as pizzas, provei um triângulo de cada, o Franguinho estava um mimo, ainda comi um pastel de nata, e a água pé...provei das duas ofertas, Boas ambas as duas!!!!
Mas o melhor, foi poder estar e treinar com seres que gostam do mesmo desporto e fazem MUITO por ele.
BEM HAJA FERNANDO ANDRADE E SEUS AMIGOS!!!!!
Luis Parro

Fernando Andrade. disse...

Obrigado, Luis
Foi bom ter podido contar com a sua companhia e dos amigos que trouxe até cá.
Grande abraço.
FA