sexta-feira, 12 de novembro de 2010

A Mãe chama-nos

Mãe é sempre mãe. Muitas das suas filhas (que é extensa a sua prole) já cresceram e se emanciparam. São muito senhoras do seu nariz. Outras ficaram meio raquíticas mas nunca perderam a grande admiração que têm pela progenitora.


Num ritual que se vai repetindo há três décadas e meia, as boas filhas vão junto dela, uma vez por ano, em Novembro, pedir-lhe a bênção. É um procedimento antigo, em desuso, mas que continua a ser revelador de grande respeito. E sempre, em Novembro, há festa, que celebra o aniversário da Mãe, num grande cortejo de vida que desfila entre o casario e o mar.

Que ninguém falte aos anos da Mãe.
Ela chama-nos, não a ouvem ? :
- "Oh Tóooonho!"

Sem comentários: