quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Senhor Comandante...

Fiquei, de certo modo, estupefacto, quando li no Blogue do Carlos Lopes  que os atletas com os mínimos B para os próximos Jogos Olímpicos de Londres teriam de pagar a sua preparação do seu próprio bolso, pois a bolsa prometida pelo COP, de 550€ mensais -pasme-se- já não lhes vai ser atribuída!

Já se sabe que não faltam abraços dos responsáveis pelo Comité Olímpico, sempre que chegam medalhados a Portugal. (Partilhar dos louros é com eles, mas fazer alguma coisa para que eles venham, já é com outros). Já se sabe também da falta de entendimento entre este organismo e a FPA, mas com estas atitudes não custa ver de que lado estará a razão. Qual terá sido a modalidade que mais medalhas olímpicas trouxe para Portugal? Hum???Não seria isso razão suficiente para que o Atletismo merecesse outra consideração por parte do COP ?

Algo vai mal no olimpismo português, cem anos depois dos JO de Oslo, de tão má memória para os nossos maratonistas.

Esta situação fez-me lembrar de um outro tema, que está relacionado, e que se prende com os prémios monetários nas provas populares. Mas isso fica para um próximo apontamento.

Sem comentários: