sábado, 10 de dezembro de 2011

XXII Grande Prémio Fim da Europa

"O belo é eterno"  (onde é que eu já li isto?)

Não é fácil resignarmo-nos à notícia do cancelamento desta Prova. Depois das faustosas últimas edições do Grande Prémio Fim da Europa, que nos deixaram a todos de boca aberta, ao servirem-nos "caviar" à chegada, abrigados numa enorme tenda..., a factura deixou marcas no orçamento municipal, o que teve como consequência a anulação da prova em 2012. É claro que, todo aquele "brilho" precisava de garantias de sustentabilidade que, pelos vistos, não existiam e que a austeridade veio ofuscar ainda mais depressa. Inconformados com tão drástica decisão de Fernando Seara, já se assistia à movimentação de um grande número de corredores dispostos a comparecer no dia e hora aprazados, para fazerem a Prova em versão pirata. Mas estariam esgotadas as possibilidades de se fazer a prova em termos oficiais? Não sabemos. Por isso, tomei a liberdade de fazer algumas diligências junto da edilidade, no sentido de salvar a prova, tendo presente que o essencial seria a beleza do percurso e a segurança dos corredores e isso não implicaria grandes despesas. Solicitei ao Sr. Presidente da Câmara que reconsiderasse e na próxima semana entregar-lhe-emos um plano de baixo custo que permita a sua aceitação.
É evidente que será importantíssimo que os participantes se mentalizem apenas no desfrute do percurso em segurança. Tudo o que se conseguir para além disso, será ganho.
Está a ser elaborado um novo "caderno de encargos" que seja viável. Veremos o que das "negociações" irá resultar, com a esperança de que Seara não tenha nenhuma senhora merkel a segredar-lhe ao ouvido.
É preciso acreditar! É preciso acreditar!

33 comentários:

Carlos Melo disse...

É uma excelente inicitiva Fernando Andrade.

Por mim dispenso aquilo que não é imprescindível, mas gostaria muito que se realizasse mais uma vez, e parece-me ser a opinião de muita gente.

Eu compreendo a situação e sei que estão envolvidos recursos de montante significativo numa prova destas, e o "caderno de encargos" não é fácil, mesmo para garantir as necessidades básicas, segurança dos participantes, abastecimentos. Que cronometragem? O retorno a Sintra?

Tenhamos esperança.
1 Abraço.

Jorge Branco disse...

Só fiz a prova uma vez mas adorei.
Quando fiz a prova não havia as mordomias actuais, nem sequer o retorno a Sintra!
Mas era-mos muito poucos e dava para haver sempre familiares a levar o carro para o Cabo da Roca.
Penso que se consegue cortar em quase tudo no orçamento mas o retorno é complicado para aqueles que não tem pernas para voltar a correr!
Mas uma possibilidade é limitar o número de inscrições e assim ser mais fácil transportar os atletas para Sintra!
Também se pode acabar com a caminhada para reduzir os participantes a ter que transportar de volta (ainda me "batem" com esta ideia!).
O essencial é acreditar e conseguir que está prova, mítica, não morra!
EU ACREDITO!

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Foi com grande tristeza que soube do cancelamento. Quase tão triste e mau como se viesse a saber que a Meia Maratona de S.João das Lampas não se iria realizar...

Bem...voltando a Sintra, é muito bonito isso da prova-pirata, mas a mim parece-me um bocado de risco fazer um grupo grande correr na estradas sem qualquer segurança. No meu ponto de vista, essa é a condição a impor. Gostaria de ainda dentro de Sintra, ter condições de segurança para partir, e muito mais ainda de atravessar a estrada Nacional, para Azóia também em segurança. É o ponto fundamental no meu entender.

Depois há a questão do regresso. Levar os veículos para a Meta, é uma grande confusão e a malta chega, quer é vir embora, era só oferecer mais trânsito para os que ainda não tivessem chegado ao Farol...Prova de ida e volta? Ok... mas isso já não "é" o GP Fim da Europa...

Se a Câmara ou alguma entidade oferecesse e garantisse transporte de regresso a Sintra, seria o ideal.

No meu ponto de vista imprescindível é a segurança e o regresso a Sintra. E sei que não é nada pouco, pois a Polícia não trabalha propriamente a baixo custo, nem os Autocarros andam a ar.

De resto, treinos piratas, "bora-lá-todos" e afins... Sintra está sempre lá, para correremos sempre que quisermos por nossa conta e risco. E muitos o fazem. Mas se queremos manter o G.P.Fim Europa, tem de haver os mínimos, e esses são para mim, os que exponho acima

Parabéns Fernando por ter pegado no caso e estar a mover o que pode (e não pode) para tentar manter uma prova tão bonita

Um beijinho
Ana Pereira

Fernando Andrade. disse...

Amigo Melo
O que estou a fazer é apenas tentar sensibilizar o Presidente Seara que o enorme potencial que esta prova tem, merece outro destino que não o seu cancelamento. Os tempos são de vacas magras, todos sabemos, e por isso, quero que ele saiba que ninguém vai ficar chateado por não haver mordomias. Temos o percurso e isso é do melhor que podíamos ter. Tenho cá uma "fèzada" que ele vai ser sensível.Quanto à cronometragem terá de ser contratada e para o retorno temos duas alternativas: autocarros (caso os seus custos sejam suportáveis) ou viaturas próprias (com a indicação clara que só podem sair do Cabo da Roca depois de 2,15 de Prova, p.ex.). Para a segurança contaríamos com a Polícia Municipal e a GNR-BT.
Vamos fazer contas e depois digo mais qualquer coisa.

Amigo Jorge Branco
Também fiz a prova muitas vezes sem que houvesse tenda nem autocarros de regresso. Claro que era muito menos gente.Os autocarros obriga a limitar as incrições em função dos custos com cada autocarro e da verba que for disponibilizada. Se tivermos de fazer a coisa em carros particulares, lá teremos de delimitar um corredor entre a Azoia e o C.Roca, mas, como disse acima, os carros só podem sair depois de 2h e tal de prova.
Ah e quanto à mini, há grandes probabilidades de não haver, pois complicaria muito a já complicada questão do transporte de regresso.

Querida amiga Ana
partilho a 200% dos seus comentários e foi a pensar nisso que entendi que seria melhor esgotar as possibilidades de se fazer a prova legalmente, antes de se optar pela solução pirata que, em termos de segurança e dada a previsível grande participação, deixaria muito a desejar. Se alguma coisa desse para o torto era um problema. Mas confesso que se se gorarem as tentativas de fazer a coisa legal, alinho na pirataria.

Grande abraço.

Jorge Branco disse...

Se tivermos que optar para a “pirataria” olhem para este exemplo ainda não http://cronicasdascorridas.blogspot.com/2011/12/grande-corrida-pirata.html.
Se conseguíssemos ter assim tantos “piratas” penso que a segurança estava garantida a não ser que chamassem a policia de choque mas como não era um greve talvez nos escapássemos!...
Mas “embora lá” lutar pela prova versão baixo custo que isso é que importa!

Manuel Romano disse...

Amigo Fernando,
Parabéns pela iniciativa.
Mesmo sem saber qual o resultado final da "negociação", digo presente!
Um abraço.

Almag disse...

À semelhança do Jorge Branco e muitos mais, também a fiz só uma vez e sem as ditas "mordomias", e achei uma prova diferente de todas as que já tinha feito. Subscrevo a iniciativa e os fundamentos que a sustentam. Partilho os comentários feitos, bem como as achegas do obreiro Fernando Andrade, desejando que com a sua e nossa insistência seja possível a realização de tão bela prova.

A minha disponibilidade e o meu agradecimento ao Fernando Andrade.

Saudações

Albísio Fernandes Magalhães

10-12-2011

Fernando Andrade. disse...

Amigo Romano
Obrigado.
Só espero é que, se as coisas falharem, não me "façam uma espera" por eu ter criado falsas expectativas.
É importante que se saiba que eu só disse que ia tentar. Achei também que o pessoal não devia desmobilizar-se na sequência da notícia do cancelamento. Vamos ver no que dá.
Grande abraço.

Fernando Andrade. disse...

Amigo Albísio
obrigado pela sua honrosa visita a este blogue e pelas suas palavras de incentivo.
Quem me dera que, durante a próxima semana pudesse dar como como certa a realização da prova,por mais singela que se apresente. Todos compreenderemos que o essencial é podermos correr em segurança naquele belíssimo percurso. Tudo o resto será ajustável aos meios que se conseguirem.
Vamos ver.
Grande abraço.

Rui Veloso Ralha disse...

No grupo R4F também há muita gente, entre os quais me encontro, com pena do fim desta prova. Por mim apoio qualquer iniciativa para que a prova se realize mesmo com o minímo de condições. No limite vou à minha responsabilidade como em qualquer treino. Um abraço

JoaoLima disse...

Grande iniciativa amigo Fernando! Vamos todos apoiar e dizer presente!

Um grande abraço

JH disse...

Gand'a Fernando,

Como sabes por razoes que nao têm nada a ver com a beleza do percurso, nem com a prova nunca a fiz.
Mas como já te prometi, para premiar o teu esforço, tudo farei para estar na linha de partida desta vez.

Abraço,
Joao

Fernando Andrade. disse...

Caro Rui Contamos com o pessoal dos R4F, afinal, é por ali que treinam com maior frequência e sabem melhor que ninguém, o quanto se perde se se confirmar o cancelamento da prova. Abraço. Amigo João legal ou pirata, a Prova faz-se. Mas devemos ir até às últimas para podermos correr em segurança. Vamos esperar uns dias. Abraço.

Fernando Andrade. disse...

Boa João!!!
Se conseguirmos, óptimo. Se não conseguirmos serás mais um na Prova pirata que também será de Protesto.
Esta semana vai ser decisiva.
Abraço.

horticasa disse...

Olá Fernando contem connosco, nós gostamos muito dessa prova...
bjs e abrs Eugénia e joséf

K disse...

Infelizmente nunca tive oportunidade de fazer essa prova. Estava apostado em fazê-la em 2012, tantos eram os Amigos que me falavam da prova.
Parabéns pela iniciativa, Fernando!
E conte com mais um para dizer: presente!

Abraço e boas corridas

Paulo Sousa

Fernando Andrade. disse...

Obrigado pelo apoio, Eugénia, Ioseff e Paulo Sousa.
Vamos ver se conseguimos.
Abraço.

Anónimo disse...

Boa tarde,
Sou jornalista do Correio de Sintra, venho por este meio pedir uma entrevista consigo de forma a publicar na próxima edição do jornal esta situação.
O meu contacto é:
apereira@correiodesintra.net

Obrigado,
Aguardo resposta da sua parte,
Cumprimentos,
Alexandre Pereira

Fernando Andrade. disse...

Caro Alexandre Pereira
Obrigado pelo interesse nesta causa.
Quando quiser, estarei disponível para conversar consigo.
Abraço.
FA

Anónimo disse...

Olá Fernando um grande abraço de força e coragem que tem para não deixar esquecer o G.P.Fim da Europa.
O nosso presidente se, se dedicasse mais as causas do Concelho que governa e menos aos comentários desportivos aí é ue andava no bom caminho, e se ao menos gostasse e comentasse um pouco de atletismo,também estava no bom caminho, mas não, é só futebol, porque o atletismo é o parente pobre deste País e não se liga nenhuma.
Mas é um, dos muitos desportos pobres que trazem medalhas para este País, aquim á beira mar plantado. Já quanto ao futebol tem se visto?
Mário Lameirão

Fernando Andrade. disse...

Caro Mário
Partilho da sua opinião, embora compreenda que o facto de ter de gerir um orçamento com limitações, obrigue o Presidente a ter de tomar opções. No entanto, o que estou a tentar fazer é sensibilizar para o enorme desperdício que é parar com a Prova. Se não existem 50 faz-se com 10 ou 15, mas é possívewl fazer-se. Todos compreendem que não pode haver os requintes dos últimos anos, mas, pelo menos, deixem-nos correr. A prova pirata que acabará por fazer-se se gorarem as tentativas, poderá tyransformar-se numa manifestação de protesto que deixará a Câmara mal na fotografia. Mas ainda haverá alguma esperança.Esta semana tudo ficará decidido.
Abraço.
FA

Anónimo disse...

com poucas mordomias ou em modo pirata,conto lá estar este ano novamente..

Anónimo disse...

é com pena que vejo esta prova estar em vias de acabar ,estava com expectativas de melhorar o meu tempo ,mas penso que o presidente tem de se lembrar que esta prova é um ex-libris de sintra pois movimenta milhares ,modormias ? para quê quando grande parte de nós queremos é correr esta prova ,sr presidente ponha lá uns autocarros ( eu vou sempre em carro próprio mais uns camaradas ) para quem necessitar , peça ajuda a alguém que organize provas ,aumente um ou dois euros a inscrição ,deixe de dar as camisolas e vá desfrutar de um domingo no cabo da roca com uns milhares de maniacos das corridas a pé que gostam de desfrutar da serra e de uma das melhores corridas de atletismo de portugal e porque não do mundo ah e um grande abraço a quem está com esta grande iniciativa de não deixar acabar esta prova

Unknown disse...

Já considerava a prova cancelada, sem compreender muito bem pq, mas é sem dúvida uma bonita surpresa. Comecei no mundo das corridas recentemente e quando descobri o Fim da Europa, fiquei logo fascinado. Tem de ser um percurso lindíssimo, pensei eu.

Enfim, já vejo que há mto doido da corrida que está disposto a fazer a corrida, quer ela seja regularizada o não. Eu alinho! :)

No entanto, concordo plenamente com uma prova com os recursos básicos como a segurança, abastecimento e transporte. Caramba, não pode ser algo assim tão caro! O mais importante, é grátis! :)

Anónimo disse...

Boas!
Podem contar com mais um para se juntar ao pelotão... pirata ou não.
Parabéns pela iniciativa e obrigado pela resistência.
Abr.
Diogo

Leonel São José disse...

Vamos lá! Estou com vocês é só me dizerem se está de pé e lá estarei para contemplar aquela magnifica paisagem! Não nos tirem aqueles inesquecíveis momentos...

Um abraço Fernando Andrade e conta comigo...

Leonel São José

MA disse...

Pirata ou não lá estarei... A volta é que pode ser o problema mas, no limite, volto a correr!!! Abraço!!!

Anónimo disse...

Bom dia,
Parabéns pelo demonstração de carinho pela prova. Conte comigo para mais uma edição!

Já há alguma novidade?
Obrigado

Rafael Santos

Unknown disse...

Caros, n temos novidades? A data aproxima-se...

Anónimo disse...

Veja aqui:
http://cidadaodecorrida.blogspot.com/2012/01/treino-fim-da-europa.html
e/ou aqui
http://www.facebook.com/events/241306622602994/

Luis disse...

Caro Fernando louvo a sua iniciativa e se houvesse mais Fernandos neste pais se calhar nao estavamos na situaçao que estamos.
Ja fiz a prova sem mordomias( tenda do exercito e um copo de chá) e fiz todas depois por mim fico so com a primeira e com o percurso.Nessa altura voltei a Sintra de carro sem o minimo problema eramos poucos.Mas continua a ser uma atitude de grande cidadania da sua parte dedicar tempo a esta causa.
voce é um exemplo a seguir.

Luis disse...

Caro Fernando louvo a sua iniciativa e se houvesse mais Fernandos neste pais se calhar nao estavamos na situaçao que estamos.
Ja fiz a prova sem mordomias( tenda do exercito e um copo de chá) e fiz todas depois por mim fico so com a primeira e com o percurso.Nessa altura voltei a Sintra de carro sem o minimo problema eramos poucos.Mas continua a ser uma atitude de grande cidadania da sua parte dedicar tempo a esta causa.
voce é um exemplo a seguir.

Luis disse...

geCaro Fernando louvo a sua iniciativa e se houvesse mais Fernandos neste pais se calhar nao estavamos na situaçao que estamos.
Ja fiz a prova sem mordomias( tenda do exercito e um copo de chá) e fiz todas depois por mim fico so com a primeira e com o percurso.Nessa altura voltei a Sintra de carro sem o minimo problema eramos poucos.Mas continua a ser uma atitude de grande cidadania da sua parte dedicar tempo a esta causa.
voce é um exemplo a seguir.