quinta-feira, 3 de junho de 2010

Um treino e pêras

20,6km /2,25h


Acho que exagerei. Estou aqui que nem posso, com as “cruzes a gemerem” por todo o lado.
Como se aproximam aí uma série de desafios, não se pode dar tréguas na preparação. Mas tudo tem conta. Vejo que a falta de disponibilidade pode ser nossa amiga, não nos deixando treinar mais do que a conta. Hoje, como era feriado, pensei cá para comigo : -“vai um longão de 2h, em piso variado, com alcatrão, rampas, trilhos”.
E assim fiz, mas estupidamente, nem uma garrafinha de água levei, pois ainda ia na esperança de que o percurso idealizado demorasse menos.
O pior é que acabei por demorar 2,25h (mesmo fazendo algumas rampas a passo) e já estava fartinho de correr. Valeu-me o chafariz de Catribana, já com 2h no papo.

Ai, ai a Freita...!

4 comentários:

ana paula pinto disse...

Como dizia num pacote de açúcar colocado no pires de um café que tomei num percurso também ele especial...

"Um dia, vou fazer as coisas à minha maneira"

E, nesse dia, uma das coisas será correr na Serra da Freita, nem que seja apenas uns metros.

Bons treinos.
AP

Jorge Branco disse...

Bem eu nunca levo agua para os treinos de duas horas mas corro de madrugada no verão!
Pior foi um vez que fui mais tarde e caiu uma ponte (onde eu já não passava há muito tempo) e tive que voltar para trás e acabar o treino com 5 quilómetros de estrada nacional a “a torrar” completamente.
Abraço.

joaquim adelino disse...

Grande Fernando, foi excelente até a adaptação sem água, mas não deves repetir a gracinha, é que isto não vai se não abastecermos. Anteontem também fiz um de 24kms em 3,30h em "ambiente de Freita" e a água tive de a levar ás costas e bem arranjado estava se tivesse nigligenciado.
Mas a luta continua e a Freita há-de ser nossa.
Abraço.

Vitor Veloso disse...

Amigo Fernando,
Bom treino em antecipação a grande aventura Serra da Freita. estou de acordo com o Joaquim, pois essa de ir sem agua.......
Bons treinos
Grande abraço
Vitor