sábado, 12 de junho de 2010

Venham mais últimos

Em comentário ao texto publicado abaixo "Falar de Corrida" recebi do nosso amigo Jorge Teixeira, uma mensagem que, perdoem-me a vaidade, coloco aqui no espaço de texto para a partilhar convosco. Espero que não vejam nisto uma atitude tipo :-"olhem como eu sou bom!". Faço-o para dar destaque à mensagem de quem comprendeu e sentiu muito bem aquilo que eu pretendia transmitir. Obviamente que me sinto muito honrado com as palavras que se seguem :

Meus caros, e em especial meu CARO FERNANDO, o seu texto "A APOLOGIA DOS ÚLTIMOS", que guardo comigo religiosamente, é o texto mais fantástico e mais inspirador (e refiro-me à minha pessoa), que jamais conheci. Lembro-me que no primeiro encontro do Mundo da Corrida que se realizou em Ovar o tentei ler sem que se me embargasse a voz mas não foi fácil, já que naquele texto se revê um pouco do que tem sido a minha ascensão na cidade do Porto, pois como todos sabem tenho tentado fazer exactamente isso, A APOLOGIA DOS ÚLTIMOS. Estou sempre interessado em ter cada vez mais ÚLTIMOS, e sobretudo, tentar tratá-los bem, não sem que por vezes me sinta triste, ao saber que não somos reconhecidos e em especial acham até que deveríamos fazer mais, pois o que fazemos pelos últimos, comparado com o que por aí se vê, ainda não chega para alguns, mas o que interessa é que nesse texto, que eu ia desafiá-lo a divulgar JÁ......., para que todos vejam que tudo o que ali está escrito é de facto, a verdade das corridas, e essa verdade tem a ver com isso mesmo :A APOLOGIA DOS ÚLTIMOS.
Termino dizendo-lhe que sinto enorme prazer em tê-lo conhecido e agradeço sinceramente o facto de me deixar ser seu amigo.
Um abraço e até domingo dia 20, a Cidade do Porto está à sua espera, e já agora, à espera de todos.

Jorge Teixeira

Sem comentários: